Comparativo 196 / 214 vídeos

Pixel 3 vs Pixel 2 [Comparativo]

08:07 | Por Wellington Arruda | 01 de Janeiro de 2019
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Pixel 3

Ficha técnica

Este é apenas o terceiro ano da Google comercializando os smartphones da linha Pixel, que chegaram para brigar de frente com outros tops de linha da Apple, Google, LG, Samsung e outras. Só que, para quem ainda não tem tanta certeza sobre qual Pixel comprar atualmente, algumas dúvidas são mais do que normais na escolha.

É melhor comprar um Pixel 2 no lugar do Pixel 3? Ou é melhor abrir o bolso e pegar o mais novo?

CONSTRUÇÃO

Essencialmente, o Pixel 3 não ficou diferente do Pixel 2. Os mesmos detalhes foram mantidos, inclusive o botão de energia em uma cor diferente, só que agora os novos modelos têm vidro na traseira. No Pixel 2, há uma mistura de vidro com alumínio.

Muita coisa foi mantida, como a falta da entrada P2 e as bordas maiores no topo e embaixo para abrigar as saídas de som. Mas a Google trocou a certificação IP67 pela IP68 nos novos Pixel, o que garante que eles não possam ter danos maiores com água.

Se você optar pelo Pixel 3 XL, ainda terá um notch de tamanho considerável no topo do display. A propósito, as telas ganharam mais notoriedade nestes novos dispositivos. Na parte traseira, ainda, a Google manteve apenas uma câmera e o leitor de impressão digital.

Outras diferenças incluem uma opção extra de cor, mas, basicamente, a Google deu uma reformulada “de leve” nos novos Pixel.

Vencedor: Pixel 3.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

No Pixel 2, o display utilizado pela Google tinha problemas de angulação e tendia a cores não tão fiéis. Isso a gente pode garantir que foi corrigido nos novos Pixel 3. Os novos modelos usam telas OLED, contra painéis AMOLED e pOLED do Pixel 2 e 2 XL, respectivamente.

O uso do OLED acrescenta mais contraste forte e pretos bem escuros, trazendo também mais equilíbrio de cores e suporte a HDR.

Nos tamanhos, o Pixel 2 tem 5” (16:9) contra 5,5” (18:9) do Pixel 3. Nas versões maiores, os tamanhos são de 6” (18:9) e 6,3” (18.5:9). As resoluções fecham em 1080p para os modelos menores e 1440p para os maiores, com diferenças para as telas esticadas, mas densidade de pixels aproximada.

O recorte na tela do Pixel 3 XL pode ser incômodo para alguns, pois ele altera a visualização de certa forma. Ainda assim, a qualidade desses display melhorou, notavelmente.

Vencedor: Pixel 3.

USABILIDADE + DESEMPENHO

No Pixel 2, a Google usou o chipset Snapdragon 835 com 4 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de memória. No Pixel 3, falando desses componentes, o único que muda é o Snapdragon 845. Nenhum deles, porém, permite que você use um microSD, mas o novo celular tem suporte a tecnologia eSIM.

No quesito software, é bom lembrar que o Pixel 3 tem um ano extra de atualização garantida, já que foi lançado depois. Entretanto, atualmente, ambos rodam Android 9 Pie com patches mensais de segurança garantidos até o final da sua vida útil.

A experiência, claro, é muito boa com qualquer um deles. A navegação é fluida, os apps e jogos pesados funcionam normalmente e ainda há recursos como o Active Edge para interagir com o aparelho. Nos novos Pixel, a Google ainda melhorou o sistema de resposta tátil por vibração e incluiu um chip extra de segurança.

Vencedor: Pixel 3.

CÂMERAS

Tanto os celulares Pixel 2 quanto os Pixel 3 carregam câmeras únicas de 12.2 MP (f/1.8) com OIS, PDAF e fazem vídeos em 1080p e 4K. O novo Pixel tem uma leve diferença, já que é equivalente a um sensor 28mm contra um de 27mm do Pixel anterior. Neste caso, considere que a geração passada também tem foco a laser, que foi limado na nova.

Outras mudanças que envolvem os novos Pixel estão no chipset. Ele tem um novo processador de sinal de imagem, que torna os cliques mais aprimorados. A Inteligência Artificial e aprendizado de máquina da Google também foram melhorados, para que seus resultados sejam cada vez melhores e mais simples.

Então, sim, o que mudou MESMO está internamente. Já na frontal, dessa vez temos duas câmeras de 8 MP (f/1.8 e f/2.4), contra uma de 8 MP (f/2.4) da última geração. O segundo sensor do Pixel 3 é de ângulo aberto, e ele também conta com os modos HDR+ e Visão Noturna. Claramente, a grande diferença de hardware está nestes sensores.

Vencedor: Pixel 3.

BATERIA

Os novos Pixel 3 e 3 XL chegaram com 2.915 mAh e 3.430 mAh, respectivamente. No caso dos Pixel 2 e 2 XL, as baterias são de 2.700 mAh e 3520 mAh. A principal diferença, aqui, é que a nova geração conta com Carregamento Rápido (até 18W) por indução. Vale lembrar que todos os quatro modelos contam com suporte ao Carregamento Rápido por cabo.

As novas baterias acabam trazendo mais equilíbrio do que melhorias, em si. Em qualquer um dos casos, a autonomia de uso é melhor com os modelos XL, que aguentam um dia inteiro bem longe de qualquer tomada. No caso das versões menores, você também consegue uma média boa de uso, mas sempre com expectativas mais baixas.

Vencedor: empate.

PREÇO

  • Pixel 2 e 2 XL: US$ 649 e US$ 699 (64 GB); com 128 GB o estoque está limitado;
  • Pixel 3 e 3 XL: US$ 799 e US$ 899 (64 GB), ou US$ 899 e US$ 999 (128 GB)

Vencedor: Pixel 2.

QUEM GANHA?

  • Pixel 3 (5 pontos): construção, display e multimídia, usabilidade + desempenho, câmeras, bateria
  • Pixel 2 (2 pontos): bateria, preço

Considerando que o Pixel 3 é uma evolução clara em vários pontos, como no display, construção, recursos e câmeras -- especialmente as frontais --, fica claro pra gente que a Google tem apostado forte no mercado.

O Pixel 3, especificamente o modelo menor, é um celular compacto com todos os recursos do Pixel 3 XL, mas sem o notch e com tela menor. Para quem prefere um display gigante e não se importa com o recorte, ele é mais indicado, sim.

Só que o Pixel 2 ainda tem muito para oferecer. Suas câmeras são ótimas, especialmente porque são integradas com o app da Google, e seu hardware também receberá mais updates. Se você se importa muito com a questão das atualizações, entretanto, opte pelos mais recentes, mas tenha em mente que, sim, o Pixel 2 ou o 2 XL ainda valem a pena.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.