Comparativo 143 / 188 vídeos

OnePlus 5 vs Xiaomi MI 6 [Comparativo]

09:31 | Por Redação | 20 de Outubro de 2017
Tudo sobre

Os aparelhos considerados tops de linha entregam sempre o melhor em especificações, designs e usabilidade, mas normalmente custam dois rins e uma parte sadia do seu fígado, mais a hipoteca da sua casa.

Para ganhar mercado e agradar o consumidor, várias empresas chinesas lançam seus tops de linha com excelentes especificações, e um preço inacreditavelmente baixo, sacrificando algumas features consideradas como perfumaria por muitos usuários.

E temos dois campeões chineses do custo x benefício - Xiaomi Mi 6 e OnePlus 5, que disputam dólar a dólar pelo seu bolso. Qual se sai melhor?

CONSTRUÇÃO

O Mi6 é uma peça unibody de vidro curvo com bordas em metal, sendo muito bonito, mas também é mais pesado, reflexivo, escorregadio e ama as marcas de dedo, que ficam impregnadas o tempo todo no corpo do smartphone. Já o OnePlus 5 é também feito em uma peça unibody, mas toda em alumínio, e vidro só na parte da frente. Entre a guerra clássica entre o vidro e metal, ficamos em cima do muro: ambos os materiais são de excelente qualidade e acabamento impecável, mas como critério de desempate, usaremos o peso do Mi6, que mesmo em vidro é consideravelmente mais pesado e frágil que o alumínio de liga leve do OnePlus 5, tornando o smartphone da OnePlus mais leve e seguro de segurar nas mãos.

Eu nem preciso citar aqui a ridícula ausência de entrada para fones de ouvido no Mi6 né?

Ponto claro para o OnePlus 5.

USABILIDADE + DESEMPENHO

Temos aqui um duelo de titãs, ambos equipados e armados até os dentes com o que há de mais moderno e potente no mundo Android.

A nossa versão de testes do Mi6 vem com:

  • Chipset Qualcomm Snapdragon 835
  • Octacore com 4 Núcleos Kryo á 2.4ghz + 4 Núcleos Kryo a 1.9ghz
  • GPU Adreno 540
  • 6 GB de RAM
  • Android 7.1.1 com a interface MIUI.

Elas são as melhores especificações possíveis para um flagship de 2017, executando praticamente todos os apps e games pesados sem perder frames ou mostrar sinais de fraqueza, e rodando a sua MIUI sem o menor problema.

Já o OnePlus 5 não fica para trás em absolutamente nada, contando com as mesmas especificações:

  • Chipset Qualcomm Snapdragon 835
  • Octa-core com 4x 2.45 GHz Kryo & 4x 1.9 GHz Kryo
  • 6 GB de RAM
  • GPU Adreno 540
  • Oxygen OS 4.5.8 baseada no Android 7.1.1 Nougat.

Que também são mais do que suficientes para rodar qualquer app ou game pesado da Playstore e executar a Oxygen OS de forma rápida, precisa e brutal, não restando dúvidas de que estamos com um top de linha de 2017 nas mãos.

E se pensarmos bem, o que a MIUI presente no Mi6 tem de features, recursos avançados e facilidades ao usuário, a Oxygen OS tem de atualizações rápidas e constantes do Android, design clean, suporte constante por conta da OnePlus e correções de bugs, além de features bem úteis também.

Um empate em usabilidade e desempenho, deixando com vocë a escolha entre um Android bem modificado ou um mais clean.

Ponto para ambos os smartphones.

DISPLAY e MULTIMÍDIA

Amoled x IPS, a luta do século, que assombra as mentes dos fãs de tecnologia móvel, mais uma vez presentes aqui nos nossos comparativos.

De um lado, a bem equilibrada, balanceada e compacta tela do Mi6, uma IPS LCD com resolução em Full HD, com 5.2 polegadas, com cores fortes, brilho acentuado e que tenta a todo custo vencer os limites naturais do LCD, fugindo do perfil supersaturado de vários amoleds no mercado.

Já o OnePlus 5 aposta em uma tela Optic Amoled de 5.5 polegadas, com resolução FullHD, cores mais intensas, brilho alto até sob luz forte e uma taxas de contraste, nitidez e saturação elevadas, mas que não são demasiadamente exageradas como em alguns Super Amoleds da Samsung por exemplo.

Na comparação direta entre estas belíssimas telas, temos um perfil de cores mais vivas e saltando aos olhos no OnePlus 5, com os pretos profundos realmente pretos, apagando os pixels e ajudando muito na economia de energia, o que não há na tela do Mi6, apesar da sua fantástica acuidade e precisão na hora de exibir as cores como elas realmente são.

Decisão difícil, mas podemos ignorar os pretos realmente profundos e a economia considerável de energia dos displays Amoleds, que perdem em equilíbrio de cores, mas vencem qualquer disputa em eficiência energética e níveis de preto intensos, dando o ponto para o OnePlus 5, por conta da sua excelente e calibrada Optic Amoled.

CÂMERAS

Um duelo insano de câmeras duplas está para começar, com os dois competidores possuindo especificações muito próximas. Vamos lá:


O OnePlus 5 possui duas câmeras principais: Uma de 16 megapixels, com abertura de f/1.7, foco pdaf e que grava em até 4k a 30 quadros por segundo. A segunda câmera é uma lente telephoto que possui 20 megapixels, com abertura de f/2.6, foco pdaf e a possibilidade de fotografar com zoom óptico de 2x, além de possibilitar o uso do modo retrato, que desfoca o fundo deixando o objeto em cena destacado em primeiro plano.

O Mi6 usa uma configuração bem semelhante, com ambas as lentes possuindo 12 megapixels, com o sensor principal, de abertura f/1.8 e com estabilizador ótico de quatro eixos, cuidando das fotos do dia a dia e com ângulo aberto.

A segunda lente com o zoom óptico de 2x e abertura de f/2.6 é responsável por retratos, fotos em close e pelo modo retrato.

No papel, as câmeras se saem extremamente bem em suas tarefas, tanto as lentes wide como as lentes de zoom, preservando muitos detalhes finos e não exagerando no pós-processamento de forma geral, e as lentes com zoom são bem competentes em boas condições de luz, mas ambas sofrem bastante em ambientes mais escuros por conta da pequena abertura de f/2.6.

O critério de desempate fica por conta do pós-processamento das fotos tiradas com o OnePlus 5, que é mais maduro e inteligente ao pós processar as imagens capturadas pelo excelente sensor Sony presente aqui, produzindo imagens mais detalhadas e com menos artefatos ou ruídos nas imagens, mostrando aqui o trabalho preciso do DXO Labs em parceria com a OnePlus.

Falando em câmeras frontais, a do OnePlus 5 conta com 16 megapixels, ângulo aberto e abertura de f/2.0, contra a câmera frontal de 8 megapixels e ângulo mais aberto do Mi6. E nessa briga, os megapixels venceram, fazendo as selfies terem bem mais detalhes e definição que as tiradas pelo Mi6.

Ponto para o OnePlus 5, que vence por muito pouco nesse duelo de excelentes câmeras duplas, tendo inclusive uma câmera frontal superior em megapixels e em qualidade final.

BATERIA

O Xiaomi Mi6 possui 3.350 mAh de bateria, versus os 3.300 mAh do OnePlus 5, mas números não dizem tudo.

O Mi6 possui praticamente o mesmo conjunto de hardware do OnePlus 5, com o Snapdragon 835, 6 GB de RAM e Adreno 540, mas o pulo do gato do OnePlus 5 aqui é a Oxygen OS, que mantêm muitas tarefas em segundo plano desligadas ou suspensas, drenando menos bateria, uma cortesia da galera que desenvolve tão bem a ROM presente no OnePlus 5. O Mi6 não faz feio não, e a MIUI também tem truques excelentes para poupar energia, porém, ela não conta com o display Amoled presente no OnePlus 5, que gasta menos energia ao desativar os pixels na tela ao exibir os tons de preto, economizando mais bateria ainda.

O OnePlus 5 consegue chegar até o fim do dia com mais carga do que o Mi6, e conta com o Dash Charge, que é mais rápido que o Quick Charge 3.0 ao carregar toda a bateria do dispositivo.

Ponto para o OnePlus 5.

PREÇO

Ambos os dispositivos possuem seus preços oficiais bem oscilantes, e na data de publicação deste vídeo, você pode os dois smartphones por preços que variam entre 1.400 e 1.600 reais, nas versões de 64GB de OnePlus 5, e na versão de vidro, não de cerâmica, do Mi6, mas notamos ofertas mais generosas e com preços mais interessantes cobrados pelo Mi6, que em algumas lojas, pode encostar na casa dos 1.300 reais em flash sales por aí.

Ponto para o Mi6, e em ambos os reviews destes dispositivos aqui no Canaltech, há links que te levam direto para as lojas aonde adquirimos os smartphones, com precos bem camaradas para você escolher entre os dois com calma e pagando mais barato.

QUEM GANHA?

Senhoras e senhores, o resultado final foi:

  • Xiaomi Mi6 com 2 pontos (em PREÇO e USABILIDADE + DESEMPENHO)
  • One Plus 5 com 5 pontos (em USABILIDADE + DESEMPENHO, DISPLAY e MULTIMÍDIA, CÂMERA, CONSTRUÇÃO E BATERIA)
Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.