Comparativo 139 / 142 vídeos

Moto G5 Plus vs Moto G5S Plus [Comparativo]

09:54 | 22 de Setembro de 2017

Em março a Motorola lançou aqui no Brasil o Moto G5 Plus e seu irmão mais “tímido” para representar a sucedida família. Até aí, tudo bem, mas em agosto, cerca de 5 meses depois, a fabricante traz o Moto G5S Plus (e, claro, uma versão menor), não seguindo a ordem já pré-estabelecida dos seus lançamentos.

Isso nos faz pensar em como a Motorola quer ter uma família mais homogênea, ao menos esteticamente, de smartphones. Mas definitivamente isso preocupou um pouco quem comprou a “versão passada”.

Quer saber se foi uma bad comprar o G5 Plus antes do G5S Plus? Então se liga aí no nosso comparativo.

CÂMERAS

Normalmente nós não começamos falando das câmeras, mas desta vez vamos abrir uma exceção. Do Moto G5 Plus para o G5S Plus, a Motorola foi de um sensor de 12 MP para dois sensores de 13 MP, sendo um deles monocromático.

Por causa disso, o Moto G5S Plus tem a vantagem de fazer imagens com cores mais reais mesmo em ambientes com baixa luminosidade. Por outro lado, o Moto G5 Plus tem abertura de f/1.7 na lente, então as fotos noturnas feitas por ele têm menos granulado do que as da versão mais recente, com abertura f/2.0.

Ambos os celulares fazem imagens com contraste bem definido, mas fica nítida a saturação nas fotos do G5S Plus. O modelo mais novinho da família também tem uns recursos maneiros, como aquele efeito de foco bonitão e o de deixar apenas um objeto colorido na imagem com o fundo preto e branco, ou vice-versa.

Até agora esses recursos funcionam bem, mas com algumas ressalvas, como nós citamos na análise do smartphone. A Motorola ainda precisa melhorar o software, aí esse conjunto vai ficar bem legal de ser utilizado.

Complementando essas câmeras, os dois aparelhos filmam em 4K@30fps com estabilização digital.

A câmera frontal sai dos 5 MP para 8 MP, e ganha mais abertura na lente, que agora é f/2.0, contra f/2.2 da geração passada. A Motorola segue com um sensor de ângulo aberto (85 graus), e desta vez as fotos são registradas com mais detalhes e menos distorção nas cores. Como recurso extra, agora o G5S Plus tem um flash para ajudar nos cenários noturnos.

No fim das contas, o ponto vai para o Moto G5S Plus, que fica como opção para quem quer recursos extras e um pouco mais de qualidade. Para quem busca uma opção tão boa quanto, vale investir no G5 Plus, que tem desempenho melhor em low light.

CONSTRUÇÃO

De frente, temos o mesmo aparelho com leitor biométrico sensível ao toque. Mas, quando olhamos de perto, percebemos que o Moto G5S é um pouco maior, mais largo e espesso, resultando em um celular de 170 g. Para efeito de comparação, o G5 Plus tem 155 g.

A principal mudança visual é na carcaça unibody do G5S Plus, que traz também um acabamento bem bonito nas laterais e vidro 2.5D arredondado. Todo esse primor acabou trazendo uma gaveta híbrida ao novo aparelho, enquanto que seu irmão mais velho permite usar dois chips de operadora e um microSD ao mesmo tempo.

Por outro lado, quem curte celulares mais bonitos vai se acostumar com o G5S Plus. Ele não tem mais o plástico na traseira, que agora é toda de alumínio - mas ainda deixa à mostra as listras para as antenas. Você também poderá chegar perto da água, assim como no G5 Plus. Mas não muito perto, beleza? O famigerado nanorrevestimento não faz milagres.

De modo geral, poderíamos justificar um empate também com estes dois modelos, mas o argumento utilizado no comparativo entre o G5 vs G5S não se aplica totalmente por aqui. Como a bateria já não era removível no G5 Plus, sobra para o slot híbrido sofrer como ponto negativo; assim, neste caso, o ponto acaba indo para o G5S Plus, que chega como um produto mais premium.

USABILIDADE + DESEMPENHO

Rodando Android 7.1.1 Nougat de fábrica, o Moto G5S Plus tem configuração extremamente similar a do G5 Plus, que atualmente roda o Android em sua versão 7.0. Isso acaba trazendo alguns recursos extras no software, como o Modo Noturno para o G5S Plus.

  • Chipset Qualcomm Snapdragon 625;
  • CPU octa-core de 2.0 GHz;
  • GPU Adreno 506 de 650 MHz;
  • 2 GB (G5) e 3 GB (G5S) de RAM;
  • 32 GB de armazenamento.

Com os dois aparelhos você conseguirá rodar jogos pesados e muitos aplicativos sem engasgos. A interface é, basicamente, a mesma, e os dois celulares ainda trazem suporte a TV Digital - e, é claro, você não pode esquecer daquele pedaço de fio para utilizar o recurso.

O ponto aqui vai para o G5S Plus por causa do leve aumento de RAM. Pode parecer pouco, mas no dia-a-dia, para quem usa muitos aplicativos, essa pequena diferença dá uma boa ajuda.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

Temos a tecnologia IPS LCD e a resolução Full HD empregadas nos dois dispositivos, mas em tamanhos diferentes. São 5.2” do G5 Plus contra 5.5” do G5S Plus, fechando numa densidade aproximada de 424 ppi e 401 ppi de densidade. Ambos, inclusive, trazem proteção Gorilla Glass 3.

A parte boa é que, falando de qualidade, os dois têm gama de cores igual e não sofrem com as variações de ângulo na hora de exibir um conteúdo com cores mais vívidas. São telas boas, e o que vai pesar mesmo na escolha é apenas o tamanho: o menor é mais confortável de ser utilizado, mas o maior é melhor para assistir um filminho.

Na parte de áudio, a Motorola troca a posição da saída da frontal (no G5 Plus) para a parte inferior (no G5S Plus). Pra muita gente essa posição é desconfortável, mas em termos de qualidade não notamos nenhuma diferença forte entre eles.

BATERIA

Na bateria, a Motorola traz para os dois celulares a mesma potência. Em outras palavras, você terá 3.000 mAh que são consumidos em um dia inteiro de uso intenso, sem abdicar das redes sociais ou rápidas jogatinas. Felizmente, os dois celulares também são compatíveis com o TurboPower de 15W.

Para o uso com vídeos via Wi-Fi e brilho máximo, os dois aparelhos apresentaram uma descarga de 13% por hora, o que é suficiente para se divertir por um tempinho. Com essa autonomia praticamente igual, vamos considerar também um empate por aqui.

PREÇO

A boa notícia do lançamento do Moto G5S Plus foi a redução de preço do Moto G5 Plus. A má notícia é que, quem comprou o modelo anterior pelo preço cheio há pouquíssimo tempo pode estar desconfortável agora.

  • Moto G5 Plus: R$ 1.199 / R$ 970
  • Moto G5S Plus: R$ 1.499 / R$ 1.280

Se você ainda não escolheu nenhum dos dois modelos, mas também não curte gastar demais, vale a pena investir no G5 Plus. Além de mais barato, ele entrega desempenho muito semelhante em praticamente todos os aspectos.

QUEM GANHA?

Nosso embate entre esses dois aparelhos da linha Moto G terminou assim:

  • 5 pontos para o Moto G5S Plus: câmeras, construção, usabilidade + desempenho, display e multimídia, bateria.
  • 3 pontos para o Moto G5 Plus: display e multimídia, bateria, preço.

Se você acabou de comprar um Moto G5 Plus (antes do lançamento do G5S Plus), saiba que não existem tantos motivos para ficar decepcionado. A câmera deste modelo tem boa qualidade, assim como a autonomia da bateria e o desempenho de modo geral. É claro, você não terá todos os recursos extras do novo modelo, e isso realmente é um tanto quanto ruim.

Mas se, por outro lado, você está em dúvida sobre qual dos dois levar para casa, a resposta é simples: no G5S Plus, você terá uma tela maior, desempenho um pouco mais leve e câmeras com melhor configuração, mas terá um slot híbrido. E isso sem contar o design que está mais elegante. Neste cenário, aí sim vale a pena investir no modelo gourmetizado com câmera sorrindo.