Comparativo 162 / 174 vídeos

Comparativo | iPhone X vs Huawei Mate 10 Pro

09:19 | Por Wellington Arruda | 08 de Fevereiro de 2018

Todo mundo sabe que em 2017 nós tivemos grandes e incríveis lançamentos no mundo dos smartphones, e dentre as grandes fabricantes, Apple e Huawei também se destacaram. iPhone X e Mate 10 Pro são dois dos aparelhos mais robustos, com câmeras muito boas e softwares cheios de surpresas.

Está pensando em comprar um smartphone novo e está em dúvida entre esses dois aparelhos? Então confira, agora, o nosso comparativo.

CONSTRUÇÃO

A principal coisa que nós temos que prestar atenção no iPhone é: não existe mais um botão Início. Todo o smartphone é controlado por gestos, enquanto que a segurança fica por parte do Face ID, que faz a leitura facial do usuário e substitui o Touch ID. Esse recurso vem com a câmera TrueDepth, que também acrescenta funções como os divertidos Animojis.

O Mate 10 Pro também não tem um botão início, mas segue apostando na leitura biométrica. Assim como no iPhone, ele tem corpo de vidro e certificação IP67. Outras semelhanças giram em torno da falta de entradas para fone, do *não* slot para microSD e do sistema duplo de câmeras, que fica nivelado no smartphone da Huawei.

Só que, ok, os dois são aparelhos bem premium e com apostas intensas de suas fabricantes. Se você prefere o design da Apple, vá de iPhone. Prefere do Mate 10 Pro? Vá de Huawei, é claro. Cada um tem seus aspectos, como o iPhone sendo mais compacto e o Mate 10 Pro um pouco mais firme e pesado.

Muita gente pode reclamar, mas nós vamos dar um empate neste quesito por causa das funções projetadas pelo design. O notch do iPhone, por exemplo, é bem chato, mas está ali por um motivo.

E vocês, escolhem o iPhone ou o Mate 10 Pro, que inclusive tem sensor IR?

Vencedor: ninguém, deu empate.

USABILIDADE + DESEMPENHO

Ignore aqueles testes de benchmark que você já deve ter visto em grande quantidade com esses dois caras, e até mesmo aqui no CT, nas análises deles. Tanto o iPhone X quanto o Mate 10 Pro oferecem algo extremamente importante: fluidez o tempo todo. A rolagem das páginas é suave, os aplicativos funcionam de maneira estável e mesmo em grande quantidade na multitarefa.

De um lado o iPhone tem iOS 11, chip A11 Bionic, GPU própria da Apple, 3 GB de RAM e versões com 64 GB ou 256 GB de armazenamento. Já o Mate 10 Pro tem Android 8.0, chip Kirin 970, GPU Mali-G72 MP12, o dobro de RAM e 128 GB de memória. Vale lembrar, também, que o da Apple tem Bluetooth 5.0 contra o 4.2 do celular da Huawei.

Só que esses dois também trazem chips neurais, capazes de entender melhor como você usa o smartphone e podem, então, “prever” algumas ações, ou sugerir opções de uso, aplicativos e mais. Isso melhora aspectos como fotografia, desempenho, dá um gás na eficiência energética e outros.

O que você precisa entender, entre outros, é que o iPhone X é usado apenas por gestos, e o Mate 10 Pro traz a EMUI 8.0, interface própria da Huawei. Ele, inclusive, consegue emular a interface de um desktop e só precisa de um monitor, um cabo HDMI e um acessório.

Novamente nós temos um empate entre os dois smartphones, considerando que eles oferecem desempenho assustadoramente bacana e com certeza receberão atualizações de software pelos próximos anos.

Vencedor: ninguém, deu empate.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

As 5.8 polegadas do iPhone X brigam de frente com as 6 polegadas do Mate 10 Pro. Ambos trazem o mesmo conceito de “tela de ponta a ponta”, logo são smartphones mais compactos. Respectivamente, temos aqui a tecnologia OLED e Super AMOLED, com proporção 19.5:9 e 18:9.

A resolução fica em 2436 x 1125p no iPhone contra 2160 x 1080p do Huawei, fazendo com que os dois tenham uma ótima reprodução de imagem e com muitos detalhes. Ah, e é claro, eles não têm entrada P2, e somente o iPhone X tem áudio estéreo (e de alta qualidade).

Com essa novidade da falta do conector padrão para fones, assistir filmes é uma tarefa muito boa, mas limitada em ambos. No caso do Mate 10 Pro, a falta do áudio estéreo é o fator “chato”; a do iPhone é o recorte no topo do aparelho, impedindo que ele fique no modo paisagem sem incomodar a visibilidade.

Mas, ainda assim, a calibração de cores é melhor no iPhone X. Tanto a nitidez quanto o contraste são equilibrados, então temos imagens mais reais e sem cores forçadas. Mas o Mate 10 Pro também faz bonito e certamente não o deixará arrependido.

Neste caso, ainda considerando tecnologias extras como o 3D Touch, o iPhone X leva esse ponto. Entendam, novamente, que o Mate 10 Pro pode ser mais confortável para vídeos, mas nos outros aspectos a tela do iPhone tem vantagem.

Vencedor: iPhone X.

CÂMERAS

O iPhone X tem um conjunto de câmeras com dois sensores de 12 MP (f/1.8 + f/2.4) com OIS em ambos e zoom óptico de 2X. Ele pode gravar em 4K@60fps ou 1080p@240fps. O novo iPhone tem ainda o modo Iluminação de Retrato, que acrescenta novos efeitos para suas fotos com fundo desfocado, e as Live Photos também podem fazer mais do que antes.

A grande novidade, porém, está na câmera frontal: ela também pode fazer fotos com o Modo Retrato, graças ao sensor de 7 MP (f/2.2) e a câmera TrueDepth, que faz o mapeamento do rosto dos usuários. Nós, inclusive, recomendamos que vocês assistam a nossa análise do iPhone X para entender mais como isso funciona.

Já o Mate 10 Pro tem dois sensores, um de 16 MP e outro de 20 MP (f/1.6 em ambos). Ele tem o mesmo recurso de zoom óptico e lentes Leica, além do recurso de imagens com o fundo desfocado que conta com uma simulação do software para lentes f/0.95. O HDR dele ajuda bastante, mas especialmente a câmera frontal não tem qualidade tão boa.

As fotos com as câmeras traseiras do Mate 10 Pro e do iPhone X são ótimas. Não há como não se arrepender com nenhum desses, e falamos isso sem medo. Os ajustes de exposição e contraste são bons, e eles ainda contam com uma boa redução de ruído para imagens mais nítidas e cheias de detalhes, também.

Seria um empate, mas só se a câmera frontal do iPhone não ganhasse fácil. Ponto para o iPhone.

Vencedor: iPhone X.

BATERIA E ACESSÓRIOS

Pensando em comodidade, a Apple trouxe 2.716 mAh no iPhone X, com a possibilidade do carregamento por indução por causa do corpo em vidro. Ele até tem um sistema de carregamento rápido, mas você vai precisar comprar um cabo adicional.

Por outro lado, os 4.000 mAh do Mate 10 Pro não trazem suporte ao carregamento por indução, mas sua bateria é recarregada em cerca de 1h30 graças ao carregamento rápido, e sem precisar de nenhum acessório extra.

Respectivamente, iPhone X e Mate 10 Pro registraram 19% e 7.5% de descarga por hora no nosso teste de estresse, enquanto que a autonomia do smartphone chinês tende a ser de 1 dia e meio em uso normal, contra de um dia inteiro do iPhone.

Vencedor: Huawei Mate 10 Pro.

PREÇO

Os valores para quem quer comprar algum desses aparelhos giram em torno de US$ 999 para o iPhone X e US$ 800 para o Mate 10 Pro. Mesmo que importando e pagando todos os impostos, o smartphone da Huawei compensa mais, e considerando este fator nós vamos dar o ponto a ele - afinal, são US$ 199 de diferença.

Mas existe uma pequena vírgula: o Mate 10 Pro não é vendido no Brasil e não tem garantia local. O iPhone X até tem, mas por aqui o precinho dele vai lá pra R$ 6.999.

Vencedor: Huawei Mate 10 Pro.

QUEM GANHA?

  • iPhone X - 4 pontos: construção, usabilidade + desempenho, display e multimídia e câmeras;
  • Mate 10 Pro - 4 pontos: construção, usabilidade + desempenho, bateria e preço.
Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.