Análise de Produto 74 / 317 vídeos

LG G Flex: flexível? Sim. Auto-regenerativo? Quase [Análise]

Duração: 4min • 06 de Maio de 2014

Análise LG G Flex. Acesse http://www.canaltech.com.br - Flexível? Sim. Auto-regenerativo? Quase

Os smartphones passaram por uma corrida espacial intensa nos últimos anos, com uma rápida transição de modelos single-core para dual-core, em seguida quad-core com velocidades titânicas, inclusives marcas como LG. Agora é comum falar de modelos octo-core! As telas passaram por um processo de sofisticação igualmente rápido, alcançando resoluções extremamente altas, assim como praticamente qualquer recurso presente neles. Foi uma evolução tão rápida que os modelos mais avançados de poucos anos atrás hoje são considerados peças de museu: basta pegar um Galaxy S da Samsung e comparar com um modelo básico hoje para termos uma ideia desse fato.

Poderíamos até dividir essa evolução em fases. Na primeira, os fabricantes se preocuparam em tornar os seus modelos cada vez mais rápidos, mas atualmente o foco mudou. Agora o importante é ser diferente, e enquanto a Samsung optou por inserir funções de fitness em seus modelos, a LG lançou o primeiro smarphone flexível do mundo. Porém, o G Flex que vamos conhecer tem duas características extras que também nos chamaram a atenção, além de trazer um problema bastante grave.

Leia a análise completa em http://canalte.ch/SFTA

Acompanhe o Canaltech nas redes sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/canaltech
Twitter: http://www.twitter.com/canaltech
Podcast: http://www.canaltech.com.br/podcast