De olho na Tesla, GM promete veículo autônomo para meados da década

De olho na Tesla, GM promete veículo autônomo para meados da década

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 07 de Janeiro de 2022 às 16h20
General Motors

A General Motors está se tornando um dos destaques da CES 2022. Durante o painel em que revelou a Silverado elétrica ao mundo, a CEO da GM, Mary Barra, revelou que a montadora quer começar a vender veículos 100% autônomos ao consumidor comum em um futuro próximo.

“A GM e sua subsidiária Cruise estão buscando um caminho abrangente para a mobilidade autônoma, com o objetivo de entregar o primeiro veículo autônomo pessoal da General Motors já em meados desta década”, assegurou.

Deborah Wahl, diretora de marketing global da GM, complementou afirmando que a ideia é ampliar o leque que montadoras especializadas nesta tecnologia, como a Tesla, oferecem atualmente. Ou seja: não deixar o mercado de carros autônomos praticamente restrito para táxis-robôs ou empresas.

“O trabalho contínuo da GM e da Cruise em conjunto criará economias de escala que reduzirão os custos e aumentarão a qualidade das redes de compartilhamento e entrega da Cruise, ao mesmo tempo em que os veículos autônomos irão gerar impactos positivos para um público maior. A tecnologia impulsionada por propósito mudará o mundo”.

Clássico da GM terá versão autônoma

Colocar a tecnologia 100% autônoma em um carro pode não bastar para a GM se tornar referência (como já revelou ter em mente) e bater de frente com a Tesla. Ciente disso, a marca anunciou que planeja colocar um dos modelos mais badalados de seu lineup em testes com a tecnologia: o Cadillac.

Cadillac 100% autônomo será testado pela GM (Imagem: Divulgação/General Motors)

Em um comunicado após o painel na CES 2022, a GM revelou que a expansão da linha do clássico veículo está em desenvolvimento, com os autônomos chamados InnerSpace e OpenSpace, ambos com conceitos baseados no veículo vertical de decolagem e aterrissagem PersonalSpace e no veículo autônomo pessoal SocialSpace.

“Os quatro ilustram um futuro potencial para viagens multimodais de luxo quando a plataforma Ultium EV e o software Ultifi da GM são combinados com tecnologia de direção autônoma”, explicou a fabricante.

“Estamos testemunhando o que é possível quando inovadores e solucionadores de problemas abraçam a oportunidade de mudar o mundo, sabendo que têm as ferramentas e a tecnologia para fazer exatamente isso”, explicou Wahl, diretora de marketing.

“Com essa capacidade, vem a responsabilidade de usá-la. A plataforma Ultium da GM significa que não precisamos mais imaginar um futuro com emissão zero; podemos começar a construí-lo”, concluiu.

Fonte: General Motors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.