TIM e Vivo firmam acordo e compartilharão infraestrutura 2G e 4G de 700MHz

Por Felipe Ribeiro | 23 de Julho de 2019 às 10h43
EBC

A TIM e a Vivo assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para novos acordos de compartilhamento de infraestrutura de rede. O documento prevê o compartilhamento da rede 2G em um modelo Single Grid nacionalmente e a evolução do compartilhamento da infraestrutura 4G de 700MHz em cidades com menos de 30 mil habitantes, que poderá ser expandido no futuro para municípios maiores. Por enquanto o acordo ficará restrito aos termos já estabelecidos no MoU, mas as empresas também irão avaliar as oportunidades de compartilhamento de redes em outras tecnologias.

De acordo com as empresas, a parceria visa melhorar ainda mais a qualidade dos serviços oferecidos a seus usuários, além de obter eficiências em alocação de investimentos e custos operacionais. Ambas garantem, também, que o acordo está alinhado com os desafios relacionados à otimização de uso de energia e de espaços públicos, seguindo as melhores práticas internacionais e impulsionando o processo de digitalização sustentável do Brasil, país de dimensões continentais.

“Em um momento em que a demanda por dados cresce exponencialmente, buscamos uma melhora relevante na experiência do cliente, bem como a realocação de recursos para novas tecnologias como o 4G, 4,5G e Fibra”, explica Christian Gebara, presidente da Vivo. Já para Pietro Labriola, presidente da TIM, “o compartilhamento de infraestrutura é a solução industrial crucial para o desenvolvimento das telecomunicações no país, visando a introdução de novas tecnologias".

A TIM e a Vivo informaram que mais detalhes sobre esse plano de compartilhamento serão mostrados ao longo dos próximos 90 dias. Depois disso, o memorando e a assinatura do contrato terão de passar pelo crivo das autoridades. Além do compartilhamento de infraestrutura, serão analisadas oportunidades de eficiência e redução de custos em operações e manutenção, energia elétrica e aluguel de sites.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.