Mas já? China envia primeiro satélite 6G à órbita do planeta

Mas já? China envia primeiro satélite 6G à órbita do planeta

Por Felipe Ribeiro | 09 de Novembro de 2020 às 16h00
Flickr/ Alasdair Massie/ PhotoPin

Com a implementação da conexão 5G ainda em estágio inicial pelo mundo, o mundo da tecnologia ainda não parece preparado para pensar no 6G, certo? Bem, talvez esteja e os testes já começaram. A China já está desenvolvendo essa tecnologia e acaba de enviar o primeiro satélite 6G para a órbita da Terra, em lançamento realizado na última sexta-feira (6).

O equipamento, que tem o nome de "University of Electronic Science and Technology" e que estava a bordo do foguete Long March 6, é considerado uma joint venture entre essa universidade, que é a principal do país asiático, e a National Star Aerospace, empresa chinesa com foco em desenvolvimento de projetos aeroespaciais. 

De acordo com o site Spacedaily, o satélite, que carrega uma carga útil de comunicação e pesa algo na casa dos 70 quilos, estabelecerá um link de transceptor para realizar testes de carga em terahertz, tornando-se, assim, a primeira verificação técnica de comunicação deste tipo testada em ambiente espacial. A universidade teria revelado, ainda, que o satélite terá algumas outras funções, incluindo observações remotas e monitoramento de desastres naturais, enquanto ainda realiza testes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A comunicação por terahertz, uma das tecnologias-chave no desenvolvimento de redes 6G, tem vantagem sobre as demais por apresentar uma alta taxa de transmissão e perspectivas de aplicação importantes no campo da comunicação terrestre e espacial. De acordo com especialistas, é possível que a tecnologia 6G seja até 10 vezes mais rápida que a 5G. A previsão é de que ela comece a ser implementada, de fato, em 2030.

Fonte: SpaceDaily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.