Startup de academias Gympass capta US$ 220 milhões e dobra valor de mercado

Startup de academias Gympass capta US$ 220 milhões e dobra valor de mercado

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 30 de Junho de 2021 às 21h20
Elements/arthurhidden

O Gympass anunciou na terça-feira (29) a captação de recursos em uma nova rodada de investimentos. O valor de mercado da companhia foi estimado em US$ 2,2 bilhões, o dobro do apontado na captação anterior, feita pela empresa antes da pandemia, em 2019.

O investimento série E de US$ 220 milhões tem participação de SoftBank, General Atlantic, Moore Strategic Ventures, Kaszek Ventures e Valor Capital Group. Os recursos obtidos serão usados para impulsionar o crescimento do Gympass nos EUA, melhorar a experiência do produto e continuar a expandir em categorias como fitness digital, saúde mental e nutrição. Segundo a startup, a operação “reflete a aceleração do crescimento do Gympass no momento em que cuidar do bem-estar é cada vez mais relevante para o ambiente de trabalho híbrido”.

O Gympass é um app que as empresas oferecerem aos funcionários, para que eles participem de atividades emocionais, físicas e mentais em academias e estúdios parceiros da plataforma. Com a chegada da pandemia, as práticas passaram a ser feitas também online.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Elements/Natabuena

Segundo a empresa, diversos centros de bem-estar e exercícios “estão ultrapassando os níveis de engajamento pré-pandemia”. EUA e Reino Unido lideram esse crescimento, mas América Latina e União Europeia já seguem a tendência. Em maio, por exemplo, o Gympass registrou 4 milhões de visitas a academias e estúdios. “Esperamos um avanço ainda maior à medida que as pessoas comecem a voltar aos escritórios”, diz Cesar Carvalho, cofundador e CEO do Gympass, em comunicado.

Mesmo com o retorno das atividades presenciais, as soluções digitais do Gympass têm mantido níveis estáveis ​​de engajamento. Segundo a startup, isso reforça que “o futuro do bem-estar corporativo é híbrido”.

Para Carvalho, depois do modelo de trabalho híbrido, há uma tendência semelhante em relação às atividades físicas e de bem-estar. “As pessoas combinam as visitas presenciais a academias e estúdios com as atividades digitais, em aplicativos. Vimos que esta é uma mudança que permanecerá no futuro e esperamos expandir nosso alcance e nossos serviços para continuar a estimular o bem-estar geral das pessoas”, completa.

Fonte: Infomoney

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.