Qual a diferença entre ePUB e Mobi

Por Matheus Bigogno Costa | 03 de Março de 2020 às 07h30

Aqueles usuários que utilizam algum tipo de leitores de livros digitais (e-readers) como o Kindle da Amazon ou o Lev da Saraiva, com certeza já se depararam com as extensões de arquivo ePUB e mobi quando baixaram algum arquivo para seus dispositivos.

Os e-readers são pequenos aparelhos que tem como função principal mostrar uma tela para leitura e, quando apareceram no mercado, eram capazes apenas de reconhecer formatos do tipo ePUB e PDF com certas limitações, porém, agora eles são capazes de aceitar diversos formatos, como Mobi, TXT e PRC.

Confira neste artigo as principais diferenças entre ePUB e Mobi, bem como quais leitores digitais reconhecem estes formatos.

Diferenças entre ePUB e Mobi

O formato ePUB

O ePUB, abreviação para Electronic Publication (Publicação Eletrônica), foi um formato que foi projetado para ter um conteúdo fluido, ou seja, a tela do texto pode ser otimizada de acordo com o dispositivo usado para leitura.

O ePUB é um dos formatos mais utilizados e reconhecidos por e-readers / Imagem: Reprodução

Em 2007, passou a ser o formato oficial do Fórum Internacional de Publicações Digitais (IDPF), substituindo o standard Open eBook. Ele é um formato com um código aberto, isto indica que ele é livremente licenciado e concede aos usuários direito de uso, cópia, estudo, melhoria e mudança em seu design.

Por isto, ele é um dos formatos mais utilizados e reconhecidos pelos dispositivos de leitura digital. A maioria dos e-readers como iBooks da Apple, Lev da Saraiva , Aldiko no Android reconhecem o formato. Demorou um pouco, mas as versões atuais do Kindle já reconhecem o ePUB para leitura.

O formato Mobi

O formato Mobipocket, ou simplesmente Mobi, foi constituído a partir do código padrão do Open eBook, que utiliza XHTML como linguagem principal. Atualmente o formato pertence à Amazon, pois foi adquirido pela empresa em 2005.

O Mobi é um formato exclusivo que foi adquirido pela Amazon em 2005 / Imagem: Reprodução

O Mobi possui uma biblioteca de páginas iniciais, os leitores ainda podem adicionar páginas em branco e anotações à mão nas páginas. As imagens que compõem os arquivos com o formato Mobi estão em formato GIF, que é capaz de armazenar menos informações de variação de cor.

Isto facilita a utilização do formato em dispositivos com telas menores e até mesmo com pouco processamento, pois o tamanho da imagem pode atingir apenas 64 KB. O formato Mobi pode ser acessado na maioria dos sistemas operacionais, como o Windows, Symbian, BlackBerry, mas não na plataforma Android e no Lev da Saraiva.

O formato mais indicado para leitura

Devido a uma alta flexibilidade e adaptação a leitura para os e-readers, o ePUB é um dos formatos que melhor se adapta aos sistemas. Apesar de o Mobi ter diversos recursos de edição de seus arquivos, o formato ainda é limitado.

Apesar de existirem vários formatos e, muitas vezes, em desktops ser muito utilizado o formato PDF, ele não é um bom formato para leitores digitais. Porém, há a possibilidade de utilizar sites que permitem os usuários converter algum outro formato para ePUB ou Mobi, caso seja preciso.

O ePUB, independente do zoom terá uma boa formatação, além de ter acesso ao índice diretamente no dispositivo. O Mobi, no entanto, permite uma ampla gama de possibilidades de edição em seus arquivos. Cabe aos leitores decidirem qual formato atenderá melhor às suas necessidades.

E você, qual formato prefere? Deixe nos comentários qual formato e qual e-reader você mais usa.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.