Como saber se um voo foi cancelado (nacional e internacional)

Como saber se um voo foi cancelado (nacional e internacional)

Por Matheus Bigogno Costa | Editado por Bruno Salutes | 28 de Dezembro de 2021 às 10h40
Yousef Alfuhigi/Unsplash

Embora seja uma situação bem desagradável, é muito importante saber se um voo foi cancelado. Por conta da pandemia da Covid-19, chuvas intensas ou outros motivos, é possível que as companhias aéreas estejam cancelando os embarques, e você precisa saber disso.

Por sorte, é possível fazer essa verificação de forma rápida e prática em duas plataformas online: na Infraero (para viagens nacionais), e no Kayak (para viagens internacionais). Basta apenas ter em mãos o aeroporto de embarque e o número do voo, se possível. Confira abaixo mais detalhes!

1. Voos nacionais cancelados

  1. Através de um navegador web, acesse o site de consulta de voos da Infraero;

  2. Insira, nos campos indicados, o aeroporto de embarque, o número do voo e clique em "Consultar voos". Se você não sabe o número do voo, basta apenas selecionar o aeroporto, a companhia aérea e clicar em "Consultar voos";

  3. Feito isso, localize o seu voo na lista e confira o status atual dele. Caso esteja marcado como "Previsto", quer dizer que não houve mudança no cronograma.
Acesse o site da Infraero para saber se um voo foi cancelado em um aeroporto brasileiro (Captura de tela: Matheus Bigogno)

2. Voos internacionais cancelados

  1. Através de um navegador web, acesse o rastreador de voos do Kayak;

  2. Informe a companhia aérea, o número do voo, a data, e clique em "Rastrear voo". Se não sabe o número do voo, insira o aeroporto, a companhia aérea, a data e toque em "Rastrear voo";

  3. Localize o seu voo na lista e confira o status atual dele. Caso apareça em verde, quer dizer que ele está "Previsto", e não houve nenhuma mudança no cronograma.
Acesse o site Kayak para saber se um voo internacional foi cancelado (Captura de tela: Matheus Bigogno)

Conheça os seus direitos

Bom, se você percebeu que o seu voo foi cancelado, é importante saber como proceder. Por sorte, o Conselho Superior de Justiça (CNJ) lançou uma cartilha informando direitos e deveres dos passageiros de empresas aéreas. Dentre essas informações, há alguns destaques para voos atrasados e cancelados.

  • Se seu voo for cancelado, você deve ser informado sobre isso;

  • Caso ocorra o cancelamento ou atraso superior a quatro horas, é possível escolher entre "crédito", "reembolso" ou "reacomodação";

  • Caso tenha solicitado reacomodação, ela deve ser feita entre os voos que a empresa está ofertando para o mesmo itinerário, dentro do prazo de validade da sua passagem. Se não há voos disponíveis nessas condições, a reacomodação deverá ser feita em voos de terceiros — sem multas ou cobrança da diferença;

  • Seja claro no pedido, escolhendo "crédito", "reacomodação" ou "reembolso integral". Você não é obrigado a aceitar as soluções da empresa, mas lembre-se de pedir os dados do atendimento e comprovantes do que for acordado;

  • Não conseguiu uma solução satisfatória? Utilize a plataforma Consumidor.gov para abrir reclamação contra a empresa aérea.

Para mais informações, você pode acessar e baixar o PDF da Cartilha do Transporte Aéreo — ela pode ser bastante útil quando for fazer uma viagem de avião.

A partir desse momento, você pode saber se um voo foi cancelado e como proceder em caso positivo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.