Cloudflare cria hub que reúne serviços gratuitos para funcionários home office

Por Rafael Arbulu | 10 de Março de 2020 às 15h20

A empresa de segurança cibernética Cloudflare lançou nesta semana um diretório público que lista serviços gratuitos para trabalhadores em regime remoto, o popular home office. A razão para isso é contemplar funcionários que acabaram forçados a trabalhar longe de seus escritórios devido à expansão epidêmica do COVID-2019, o popular “coronavírus”.

Muitas empresas ao redor do mundo — em especial, pequenas companhias e startups — viram seus negócios afetados diretamente pela contaminação generalizada do coronavírus, que já conta com mais de 114 mil casos confirmados de pessoas infectadas e mais de 4 mil mortes. Por causa dos riscos de transmissão do vírus, companhias de diversos países passaram a funcionar em regime remoto, fazendo seus funcionários trabalharem de casa, o que inevitavelmente gera um forte impacto no dia a dia de trabalho.

A medida foi montada e colocada no ar, pelo que indicam as informações, no último final de semana: o CEO da Cloudflare, Matthew Prince, disse na segunda-feira (9) que usou o período de descanso para ligar para executivos conhecidos seus em diversas empresas, convidando-os a fazer parte da iniciativa: “A gente acabou se aproximando bastante ao longo dos últimos anos, e isso nos permitiu colocar isso no ar rapidamente”, disse o executivo ao Business Insider.

Caption

O hub da Cloudflare, porém, vem justamente para auxiliar esses profissionais remotos, reunindo em um só os serviços de escritório e outros recursos que estão disponibilizados de forma gratuita. Até o momento, produtos do Google, Box, Microsoft, Cisco e GoToMeeting — além da própria Cloudflare — estão entre os apoiadores listados. Mas há um convite estendido a outras empresas que queiram participar.

O aumento repentino de trabalhadores remotos também traz outro problema: um surto no volume de tentativas de invasão e ataques hacker originados por pessoas que estão tentando explorar o assunto do vírus para benefício próprio. Por isso, a Cloudflare também disponibilizou o uso gratuito de suas aplicações de equipe, substituindo, com elas, as ferramentas de VPN on premise comumente encontradas em escritórios.

Fonte: Business Insider; Open for Business Hub

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.