Como rodar e testar o Google Chrome OS no seu computador?

Por Giancarlo Silva

O Chrome OS é o sistema operacional desenvolvido pelo Google com foco na nuvem e em computadores mais modestos, como netbooks e determinados notebooks ultrafinos. Funcionando em sincronia com os serviços e aplicativos como Gmail, Google Drive e a suíte de escritório online da empresa, o Chrome OS visa atender a um nicho de consumidores que deseja ter um computador apenas para acessar a internet, ler e-mails e trabalhar.

Apesar de só ser encontrado em computadores específicos chamados Chromebooks, o Chrome OS é um sistema operacional de código aberto criado com base no navegador Google Chrome. Naturalmente, já existem diversas versões do software disponíveis na internet para quem quiser experimentá-lo.

Se você é uma dessas pessoas, saiba que é possível testar o Chrome OS em seu computador com total segurança e praticidade criando uma máquina virtual para rodá-lo - sem qualquer necessidade de instalação ou desinstalação do seus atual sistema operacional.

Confira o passo a passo abaixo e instale hoje mesmo o uma cópia do Chrome OS em seu computador com a ajuda do software de virtualização VirtualBox.

Obtendo o VirtualBox

Passo 01

Faça o download do VirtualBox para o seu sistema operacional. Em nossos testes, baixamos a versão 64 Bits para Windows 8.1.

Passo 02

Execute o arquivo e faça a instalação do VirtualBox normalmente, inclusive permitindo a criação de novas interfaces de rede quando for solicitado.

Obtendo o Chrome OS

Há diversas builds do Chrome OS criadas por desenvolvedores ao redor do mundo e disponibilizadas gratuitamente. Em nossos testes, escolhemos a versão encontrada no site chromeos.hexxeh.net, que já oferece builds prontas para uso no VirtualBox e VMWare, além de uma versão que pode ser instalada em pendrives.

Passo 03

Em chromeos.hexxeh.net, escolha uma versão da build para baixar. Nós fizemos o download da versão 4028, compilada em 20 de abril de 2013.

Chrome OS no Windows

Passo 04

Descompacte o conteúdo do arquivo .zip que conterá um arquivo de Disco Rígido Virtual (com a extensão .vdi). Esse é o "disco rígido" da máquina virtual que será criada no VirtualBox e que já vem com uma build do Chrome OS pré-instalada.

Chrome OS no Windows

Criando a máquina virtual

Com o VirtualBox já instalado, siga estas instruções:

Passo 05

Na tela inicial do VirtualBox, clique no ícone "Novo".

Chrome OS no Windows

Passo 06

Dê um nome à nova máquina virtual a ser criada e escolha "Linux" e "Other Linux" nas caixas de seleção. Clique em "Próximo";

Chrome OS no Windows

Passo 07

Na próxima tela, escolha o tamanho de memória RAM a ser compartilhada entre o computador real e a máquina virtual. Uma dica importante é verificar no Gerenciador de Tarefas (Ctrl+Shift+Esc), na aba "Desempenho", quanto de memória RAM livre está disponível no momento e configurar um tamanho de memória menor para evitar que tanto a máquina virtual quanto o seu computador fiquem lentos.

Em nossos testes resolvemos conceder 512 MB de RAM para a máquina virtual. Após fazer sua escolha, clique em "Próximo".

Chrome OS no Windows

Passo 08

Na tela seguinte, selecione a última opção para escolher um disco rígido virtual já existente para a máquina virtual. Selecione o arquivo que você descompactou no Passo 04 e clique em "Abrir". Com o arquivo selecionado, clique em "Criar".

Chrome OS no Windows

Passo 09

A máquina virtual com Chrome OS estará criada e aparecerá no menu de seleção do VirtualBox, à esquerda. Às vezes, o sistema pode se recusar a rodar pela falta do recurso PAE no processador virtual. Para ativá-la, clique no botão "Configurações".

Chrome OS no Windows

Passo 10

Clique no menu "Sistema" (à esquerda) e depois na aba "Processador". Marque a opção "Habilitar PAE/NX" e clique em "OK".

Chrome OS no Windows

Agora é só clicar no botão "Iniciar" no VirtualBox e aproveitar o Chrome OS e tudo que ele tem a oferecer.

Vale lembrar que, como não se trata de uma build oferecida pelo Google, mas sim de por entusiastas, erros e bugs podem ocorrer. Mesmo assim esta é uma ótima maneira de matar a curiosidade e experimentar este interessante sistema operacional oferecido pela gigante das buscas.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!