Casio confirma produção de novo smartwatch e promete maior resistência do setor

Por Rafael Arbulu | 01 de Julho de 2019 às 09h38
(Foto: Andy Boxall/Digital Trends)

A Casio confirmou que está desenvolvendo um smartwatch. O aparelho pertencerá à linha G-Shock de relógios da fabricante japonesa — mundialmente conhecida por ser uma das mais resistentes contra choques e danos — e promete ser o dispositivo mais resistente do mercado.

As afirmações são do chefe de design da empresa sediada em Shibuya, Ryusuke Moriai, que disse em entrevista ao Digital Trends que o novo smartwatch ainda está sendo mantido sob sigilo e ainda não está pronto para ser apresentado publicamente.

“Sim, nós começamos a desenvolver um smartwatch”, confirmou o executivo. “Estou dando o meu melhor para fazer algo verdadeiramente único”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Essa parte “única” nos permite especular um pouco: Moriai até foi pressionado, mas não cedeu novos detalhes. Entretanto, a Casio já possui alguns relógios com conectividade Bluetooth e todos foram bem recebidos no mercado. Podemos esperar algo com a mesma capacidade. Entretanto, a empresa já tem no varejo modelos sem display sensível ao toque, então talvez esse novo projeto seja a primeira edição de um produto compatível com touchscreen.

Ryusuke Moriai, chefe de dedsign da Casio, assegurou a produção de um novo smartwatch da linha hiper-resistente G-Shock (Foto: Andy Boxall/Digital Trends)

Mas uma tela sensível ao toque não seria, bem, sensível? Esse adjetivo é bem oposto à opulência e resistência de um G-Shock, certo? Não para o designer, que disse que a essência e processos criativos por trás de todo modelo da linha G-Shock estão sendo aplicados aqui:

“Existem três importantes aspectos para um G-Shock: resistência a choques, ser à prova d’água e ter uma bateria de vida longa. Ele não precisa ter sistema Tough Solar [a tecnologia de recarga pela luz do sol presente em vários relógios G-Shock], mas queremos implementar uma vida de bateria mais longa do que se vê em outras marcas. Não vamos simplesmente lançar um produto com uma ou outra função, porque não queremos que ele desapareça do mercado”

Moriai ainda explicou que, no que tange ao aparelho ser à prova d’água, ele quer que o produto aguente um mínimo de 200 metros de profundidade. Ao Digital Trends, ele referiu-se a isso como “a regra G-Shock”. Para fins de referência, a maior parcela do mercado atual de smartwatches desce até algo em torno de 50 metros, mas a forma como se mede esse tipo de resistência varia de região para região.

A Casio também promete atenção aos detalhes, agregando leveza a um aparelho hiper-resistente: modelos recentes da linha G-Shock apresentam carcaça em fibra de carbono, então pode ser que o novo aparelho também adote esse padrão.

Infelizmente, ainda não há uma previsão de quando ele ficará pronto, então não temos como oferecer uma janela de lançamento.

Fonte: Digital Trends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.