Xiaomi registra sete celulares dobráveis de uma vez em 2021

Por Diego Sousa | 06 de Janeiro de 2021 às 07h30
Captura de Tela/ Felipe Ribeiro
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Ainda estamos no começo do ano, mas a Xiaomi parece não querer perder tempo e registrou nada menos que sete celulares dobráveis de uma vez. As patentes, encontradas pelo site holandês LetsGoDigital, foram registraram no Escritório de Patentes e Marcas da China e descrevem as principais características de design dos modelos.

Dos sete produtos, três deles trazem um visual em concha, semelhante aos smartphones Galaxy Z Flip e Moto Razr 5G, e quatro possuem o estilo de tablet, como o Galaxy Z Fold 2. Confira abaixo os principais detalhes de cada formato:

Começando pelos smartphones dobráveis em formato de concha, dois deles são equipados com uma tela sem qualquer notch ou entalhe para a câmera frontal. O primeiro modelo possui apenas um sensor na parte traseira, enquanto o segundo inclui um conjunto quádruplo. Ao que tudo indica, eles serão responsáveis tanto para fotos de alta qualidade quanto para selfies.

Além disso, na região superior externa dos dois aparelhos é possível observar um segundo display, provavelmente para exibir notificações e informações do usuário sem precisar desdobrar o aparelho.

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

O terceiro design, por sua vez, conta com um visual bastante parecido com o Razr 5G, da Motorola/Lenovo: com uma moldura relativamente mais grossa. Vemos ainda a presença de câmeras frontais e traseiras, diferente das outras patentes, e um display secundário ainda maior em relação ao celular da Motorola.

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

Com relação às patentes com formato de tablet, todas se parecem com o que já vimos no Galaxy Z Fold 2, ou seja, com a tela principal ocupando toda extensão do aparelho, mas elas contam com algumas características que levam a assinatura da Xiaomi.

Dois dos modelos, por exemplo, possuem o chamado "Surround Display", que é a mesma tecnologia empregada no Mi Mix Alpha e estende a tela para a parte traseira do celular. A diferença entre eles se encontra no conjunto de câmeras, onde o primeiro traz um conjunto quádruplo e o segundo, uma única AI Super Camera.

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

As terceira e quarta patentes, por outro lado, abandonam o Surround Display e aposta em uma tela secundária, provavelmente para exibir informações e notificações. Elas também descrevem a presença de quatro sensores na traseira, embora não tenham mais detalhes revelados.

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

Como lembramos em todas as matérias relacionadas a patentes aqui no Canaltech, o registro não quer dizer que a marca lançará smartphones com esses tipos de design. No entanto, fontes chinesas revelaram em setembro de 2020 que a Xiaomi faria sua estreia no segmento dobrável em 2021.

Fonte: LetsGoDigital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.