Venda do Xiaomi Mi 9T está autorizada no Brasil pela Anatel

Venda do Xiaomi Mi 9T está autorizada no Brasil pela Anatel

Por Nathan Vieira | 26 de Julho de 2019 às 18h30

A legião de fãs da Xiaomi pode comemorar, porque o novo smartphone da empresa foi homologado pela Anatel. Em outras palavras, agora a venda do Xiaomi Mi 9T está aprovada aqui no Brasil. O certificado de homologação do aparelho foi publicado no site da Anatel, como divulgado pelo canal Pinguins Móveis na tarde desta sexta-feira (26). No certificado, o produto aparece com o nome M1903F10G, que remete ao seu modelo.

De acordo com o documento registrado no órgão de regulamentação, o smartphone chega no Brasil com as frequências que são normalmente utilizadas no 4G nacional, como a banda 28 (700 MHz). Apesar da venda autorizada, ainda não está confirmado quando será o lançamento do produto no Brasil. Outro produto que também já está homologado pela Anatel é o Mi 9 SE, que deve ser vendido em breve.

Certificado de homologação do Xiaomi Mi 9T, encontrado pelo Pinguis Móveis

O Xiaomi Mi 9T já estava sendo vendido na Europa, a um preço variável entre 299 euros (o que equivale a R$ 1254) e 399 euros (cerca de R$ 1674). Em outras regiões, o aparelho recebeu o nome de Redmi K20.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As características do Xiaomi Mi 9T

Xiaomi Mi 9T, agora autorizado para ser vendido no Brasil, se destaca pelas câmeras (Foto: Divulgação/Xiaomi)

O que mais chama a atenção do público, em relação ao Xiaomi Mi 9T, são as câmeras. O aparelho conta com uma câmera frontal retrátil de 20 Megapixels, e três lentes na parte de trás (com sensor Sony IMX582 de 48 megapixels, outro ultrawide e o terceiro com lente telefoto para zoom óptico 2x. Os vídeos são gravados em 4K a 30 quadros por segundo). Vale ressaltar o painel AMOLED, que conta com 6,39 polegadas, aproveitamento frontal de 91,9% e leitor digital além de (não poderia faltar!) uma resolução Full-HD+.

Quando se trata de bateria, o novo aparelho da Xiaomi possui 4.000 mAh, com direito a carregamento de 18 W. Já no quesito armazenamento, o celular traz consigo um processador Snapdragon 730, 6 GB de RAM e 64 GB/128 GB. O sistema operacional é o Android, e a resolução é de 1080 x 2340px.

Fonte: Pinguins Móveis

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.