Seu celular caiu na água? Saiba como o banho químico pode ajudar

Por Andressa Neves | 04 de Abril de 2018 às 18h50

Se você está lendo este texto, provavelmente uma situação nada agradável aconteceu com o seu smartphone. Infelizmente, acidentes acontecem, e a maioria dos aparelhos ainda não está imune aos efeitos da água. 

O banho químico é uma das possíveis soluções para celulares que caíram na piscina, vaso sanitário ou tomaram aquela chuva indesejada. Por isso, hoje o Canaltech explica para você quais são os benefícios do método.

Meu celular molhou. O que fazer?

Antes de qualquer coisa, você precisa saber como não agir quando o smartphone estiver molhado. O primeiro passo para tentar salvar o dispositivo é mantê-lo desligado. A água é condutora de eletricidade; portanto, tentar ligar o aparelho pode ocasionar curtos-circuito e acabar com qualquer chance de recuperação. Depois de desligado, remova cases e acessórios e deixe escorrer o líquido.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Hora do banho químico

Feitos os primeiros procedimentos para salvar o celular afogado, é hora de levá-lo a uma assistência técnica, onde ele passará por um banho químico. O banho químico é um procedimento simples para a limpeza das placas do dispositivo através de uma banheira ultra sônica. Emitindo diferentes frequências, geralmente com álcool isopropílico, a banheira é capaz de soltar o zinabre e a ferrugem, causados pela oxidação.

Depois de permanecer alguns minutos na banheira, o celular segue para mais uma etapa de limpeza, com o restante dos resíduos sendo retirados pelo técnico. Por fim, as placas passam por uma secagem com ar quente e o smartphone é montado novamente.

O banho químico resolve?

Infelizmente, não há garantias de que o celular vá sobreviver ao afogamento, mas a única maneira de tirar a dúvida é realizando todos os procedimentos com um profissional especializado. Sim, há maneiras de improvisar o banho químico em casa (o que fica totalmente por sua conta e risco), mas se você preferir contar com a aparelhagem e uma mãozinha profissional, conheça o Canaltechfix!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.