Por que o One Plus 6T é o smartphone ideal para quem quer fazer rooting?

Por Rafael Rodrigues da Silva | 17 de Janeiro de 2019 às 14h00
Reprodução
Tudo sobre

Saiba tudo sobre OnePlus 6T

Ficha técnica

Ainda que o Android seja um sistema perfeito para o usuário médio, alguns programadores e usuários avançados preferem praticar o rooting, uma prática que utiliza o fato do Android ser baseado em Linux para “hackear” o sistema e configurá-lo de modos que normalmente não são permitidos pelas fabricantes. E, para quem gosta desse tipo de desafio, existe um aparelho que é perfeito para a prática: o OnePlus 6T.

Lançado em 6 de novembro de 2018, o aparelho é uma versão incrementada do OnePlus 6, com as mesmas especificações de hardware mas com a adição de um notch menor em forma de gota d’água, um sensor biométrico embutido na tela e sem a presença do conector jack para fones de ouvido. Mas, mais do que um dos aparelhos de melhor performance do mercado, o OnePlus 6T também foi desenvolvido especialmente para aqueles que gostam de fazer modificações no sistema operacional.

Ao longo dos anos, a OnePlus se estabeleceu como a marca preferida daqueles que gostam de modificar o sistema de seus smartphones, criando uma verdadeira comunidade em torno desta prática — tanto é que a marca é a única a não considerar a modificação do sistema operacional como um fator de quebra da garantia.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O aparelho também possui um hardware de ponta (processador Snapdragon 845, 8 GB de RAM, 256 GB de armazenamento, tela de 6,41 polegadas e bateria de 3.700 mAh) a um preço relativamente acessível (U$ 549), o que torna o 6T um candidato perfeito para testar as últimas novidades em ROMs.

Além disso, não existe nenhum tipo de “gargalo” na performance do aparelho, o que permite instalar todos os tipos de modificações sem medo que o OnePlus 6T não opere em sua capacidade máxima. Outro fato importante é que, por ter uma das comunidades de rooting mais ativas do mundo, não faltam novas ROMs para instalar ou pessoas para responder suas dúvidas e ajudá-lo a resolver qualquer problema que ocorra durante a operação.

Por todos esses fatores, o OnePlus 6T é, de longe, o melhor smartphone para aqueles que gostam de utilizar o aparelho para rooting, principalmente os que estão iniciando neste mundo, pois podem mexer à vontade sem medo de perder a garantia.

Fonte: Android Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.