Pesquisadores descobrem como identificar de qual smartphone uma foto foi tirada

Por Redação | 14 de Dezembro de 2017 às 10h38

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, desenvolveram uma maneira de descobrir a qual smartphone uma foto pertence. A descoberta foi feita com base em uma falha chamada PRNU (Photo Response Non Uniformity), ou seja, a não uniformidade da imagem.

A falha acontece quando pequenas variações são criadas durante o processo de montagem de cada sensor de câmera, o que pode afetar os pixels da imagem, deixando-as mais claras ou mais escuras que o normal.

No entanto, essas falhas são invisíveis a olho nu e é preciso da ajuda de filtros especiais para serem identificadas. De acordo com os pesquisadores, fazer este estudo com uma câmera normal exige a captura de 50 fotos, mas com os smartphones apenas uma é o suficiente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Assim como flocos de neve, smartphones não são iguais. Cada aparelho, independentemente da fabricante, pode ser identificado através de um padrão de falhas de imagem microscópicas que estão presentes em cada foto tirada por ele", conta Kui Ren, pesquisador responsável pelo estudo.

A pesquisa contou com a ajuda de 16 mil imagens de 30 iPhones 6s e dez Samsung Galaxy Note 5 diferentes. Os testes de identificação atingiram 99,5% de precisão.

Utilidade do teste

Você deve estar se perguntar: qual a necessidade desta tecnologia? Segundo os pesquisadores, a identificação pode ser usada na hora de retirar dinheiro de um caixa eletrônico ou simplesmente fazer a compra em uma loja.

Eles ainda afirmam que a análise das fotos pode impedir ataques em potencial. Sempre que uma compra online for efetuada, por exemplo, um vendedor pode pedir ao cliente que fotografe dois códigos QR que possam aparecer na tela de um computador ou caixa eletrônico. Então, a foto é enviada ao vendedor, que deve descobrir se foi o mesmo dispositivo que fez a compra.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.