Os smartphones mais vendidos da Xiaomi com preços a partir de R$ 978 na Amazon

Publieditorial | 25 de Fevereiro de 2019 às 14h38

A chinesa Xiaomi é uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo. Na ativa desde 2011, em poucos anos atingiu esse patamar, e tudo isso graças ao lançamento de aparelhos de qualidade, com preço mais em conta em comparação com modelos equivalentes de suas concorrentes.

Ainda sem venda oficial no Brasil, muita gente acaba importando seus aparelhos por conta própria para ter certeza de comprar um smartphone "bom, bonito e barato", mesmo que isso seja sinônimo de esperar meses até a compra chegar, pagar caro pelo frete, lidar com a flutuação do dólar e ainda arcar com impostos de importação.

Mas você não precisa passar por esse "perrengue" para ter um Xiaomi para chamar de seu: a plataforma nacional da Amazon vende um montão de smartphones da chinesa com estoque já em território nacional. Ou seja: você paga em reais, sem impostos adicionais, o frete é mais barato, o produto chega rapidinho à sua casa, e você ainda pode parcelar sua compra no cartão de crédito em até 10 vezes sem juros.

Confira, abaixo, alguns dos modelos mais populares da Xiaomi que estão com preços ótimos na Amazon do Brasil:

Redmi Note 5

A linha Redmi da Xiaomi é a que oferece a melhor relação custo-benefício da marca, e o Redmi Note 5 já está com preços ainda mais em conta desde que seu sucessor foi lançado. Ainda assim, segue com especificações super interessantes.

O aparelho tem tela IPS LCD de 5,99 polegadas com resolução Full HD e, por dentro, conta com processador Snapdragon 636 de oito núcleos, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (expansível para até 128 GB com cartão microSD).

Na traseira, câmera dupla combinando 12 e 5 megapixels, e outros 5 MP na câmera frontal — esta que é equipada com recurso HDR para deixar as imagens ainda mais nítidas e com cores mais vibrantes. O leitor de digitais fica na traseira do aparelho, que tem ainda bateria de 4.000 mAh com suporte a carregamento rápido.

O Redmi Note 5 sai por a partir de R$ 999 em até 10 vezes sem juros de R$ 99,90.

Redmi Note 6 Pro

O mais recente da família Redmi é o Note 6 Pro, enquanto a Xiaomi não lança o Note 7 Pro neste ano. Ele tem bateria de 4.000 mAh, chipset Snapdragon 636 de oito núcleos e vem em duas opções: uma com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, e outra com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço interno — em ambas as versões, é possível expandir o espaço para até 256 GB com cartão microSD.

O aparelho traz, na traseira, sensor duplo de 12 e 5 megapixels, e a câmera frontal também é dupla, combinando 20 e 2 MP. Então, fotos com profundidade de campo, efeito bokeh e Modo Retrato estão garantidos. Ah, a tela do Note 6 Pro é um pouco maior, com 6,6 polegadas.

O Redmi Note 6 Pro com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço sai por a partir de R$ 1.102, e o modelo com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento custa a partir de R$ 978 — ambos em até 10x sem juros.

Mi 8 Lite

Este modelo é um intermediário premium, trazendo recursos um pouco além dos intermediários padrão, mas com precinho bacana. Ele tem tela IPS LCD de 6,26 polegadas com resolução Full HD, processador Snapdragon 660 de oito núcleos, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Também há uma versão com 3 GB de RAM e 64 GB de espaço interno. A bateria, em ambas as versões, tem 3.350 mAh.

Quanto às câmeras, na traseira há sensor duplo combinando 12 e 5 megapixels com sensor de profundidade de campo, enquanto a câmera frontal, apesar de ter sensor único, oferece 24 megapixels para suas selfies.

O Mi 8 Lite com 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento sai por a partir de R$ 1.447, enquanto a versão com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço custa a partir de R$ 1.189, ambos em até 10x sem juros.

Pocophone F1

Este é um dos maiores queridinhos da Xiaomi, justamente por reunir especificações dignas de um topo de linha, mas com precinho de intermediário. Ele tem tela iPS LCD de 6,18 polegadas, bateria de 4.000 mAh, processador Snapdragon 845 de oito núcleos, 6 GB de RAM e opções com 64 GB ou 128 GB de armazenamento (expansíveis a até 256 GB com microSD).

Na traseira, sensor duplo de 12 e 5 megapixels com sensor de profundidade para o efeito bokeh, enquanto a câmera frontal tem 20 MP — ambas contando com HDR, e o aparelho também tem reconhecimento facial a laser, além de leitor de digitais na traseira.

Outro diferencial deste smartphone é sua durabilidade, com testes intensos mostrando que o aparelho é um dos mais resistentes já fabricados pela Xiaomi. No vídeo abaixo, você pode conferir o quanto ele é um verdadeiro guerreiro:

O Pocophone F1 com 128 GB de armazenamento sai por a partir de 1.795, enquanto a versão com 64 GB de espaço interno custa a partir de R$ 1.680 — ambos em até 10x sem juros.

Smartwatch Amazfit Bip

Este aparelho é um meio termo entre smartwatch e pulseira fitness, aliando o melhor dos dois mundos. Ele tem tela LCD de 1,28 polegadas com sensibilidade ao toque, e é pela telinha que o usuário confere e-mails, mensagens de texto e notificações que chegam em seu smartphone, que pode ser Android ou iPhone, pois o aparelho é compatível com ambas as plataformas.

Ainda, o smartwatch conta com os sensores que monitoram sua saúde, controlando seus batimentos cardíacos, quantidade de passos dados e acompanha a qualidade de seu sono. Todos esses dados ficam registrados no aplicativo Mi Fit, que deve ser instalado no smartphone pareado.Sua bateria dura por cerca de 30 dias, e o smartwatch conta com certificação IP68 à prova de água e poeira.

O Amazfit Bip está custando a partir de R$ 360 em até 10x sem juros.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.