Novo LG G8 consegue emitir som pela tela OLED

Por Thaís Augusto | 14 de Fevereiro de 2019 às 17h11
Tudo sobre

Saiba tudo sobre LG G8 ThinQ

Ficha técnica

O novo LG G8 usará a sua própria tela como um amplificador de áudio, graças a uma tecnologia semelhante à já empregada nas TVs OLED da Sony, cujas telas foram produzidas pela LG. O recurso, aliás, ainda melhora a execução de som, conforme revela a própria fabricante nesta quinta-feira (14).

Oficialmente, o smartphone será lançado durante o Mobile World Congress (MWC) que inicia no próximo no dia 25. No entanto, como é de costume na indústria tech, o segredo não durou muito vazou nos últimos meses, trazendo detalhes e aparência do novo aparelho.

A configuração de áudio do G8 acompanha o chamado Crystal Sound OLED. Ele produz uma vibração na tela do aparelho para executar sons, mas isso não significa que a tela do telefone ficará tremendo a cada reprodução de áudio.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A técnica melhora o volume ao deixar notas musicais mais distinguíveis e vozes mais nítidas, segundo a LG. Já no modo alto-falante, uma configuração do celular permite que as duas saídas de áudio reproduzam som.

Outro recurso presente no aparelho permite a execução de áudio de alta-qualidade mesmo com um pacote de dados limitado. Já o Boombox Speaker utiliza o espaço interno do aparelho para trabalhar como uma câmara de ressonância: assim o som é reproduzido melhor e mais alto.

"Nosso compromisso de levar o áudio do smartphone a novos patamares está claro com o novo LG G8 ThinQ", disse o vice-presidente sênior e chefe de estratégia de produtos da LG, Chang Ma, em comunicado.

A LG também já confirmou que seu novo aparelho contará com reconhecimento facial. Além do desbloqueio de tela, o sensor servirá para melhorar a qualidade de fotografias produzidas a partir da câmera frontal, com melhor aplicação de desfoque no plano de fundo. Tudo indica que o recurso ainda poderá ser utilizado no campo da realidade aumentada, com o componente sendo capaz de reconhecer não apenas rostos, mas também objetos e o ambiente ao redor.

Outros rumores apontam que o smartphone poderá ser controlado por gestos. Assim, o desbloqueio do celular poderia ser realizado sem a necessidade de toques.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.