Google mostra como deve ser primeiro Pixel com câmera sob a tela

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 17 de Maio de 2021 às 11h40
Reprodução/LetsGoDigital

Câmera de selfie sob a tela é uma das tendências esperadas para o mercado de celulares no ano de 2021 e as principais fabricantes já começaram a apresentar suas versões da tecnologia. O Google, por exemplo, acaba de ter sua patente publicada na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO) e descreve como seria um smartphone Pixel com a novidade.

Segundo renderizações do site LetsGoDigital com base em 23 páginas de documentos, o smartphone do Google usaria duas telas OLED, uma a frente da outra, com o sensor e a lente localizados no meio. Os dois painéis teriam a mesma densidade de pixels para não haver mudanças na qualidade da imagem. Além disso, um espelho em formato de prisma seria colocado entre a câmera e o display auxiliar.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Reprodução/LetsGoDigital)

Conforme mostrado no GIF acima, quando a câmera não estiver em uso, o conteúdo exibido na segunda tela refletiria na tela principal, o que não permitiria enxergar o sensor atrás do display. Assim que a câmera é ativada, no entanto, o espelho giraria de forma que a luz do ambiente fosse entendida pelo sensor. A documentação diz que o módulo óptico é protegido por uma janela que mede cerca de dois a três milímetros (mm).

Embora mais informações sobre o dispositivo não tenham sido reveladas, a patente revela que o display auxiliar do smartphone conteria três sensores ainda não definidos — provavelmente, seriam os sensores padrões presentes em outros celulares, como ambiente e proximidade. O leitor de digitais, por outro lado, sairia da parte traseira para embaixo da tela.

Em dezembro do ano passado, outra patente do Google demonstrava um celular Pixel com câmera frontal sob a tela, mas não houve muitas informações sobre como a tecnologia funcionaria. De qualquer maneira, não devemos ver a solução do Google já na próxima geração, segundo rumores mais recentes. Este ano é esperado que o sensor frontal esteja ainda em um recorte no display, mas com suporte à gravação em 4K, novidade na linha.

Fonte: LetsGoDigital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.