Designer atualiza o clássico Nokia N9 para 2020

Por Rubens Eishima | 12 de Fevereiro de 2020 às 07h15
Antony Andreas
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Nokia 3310

Ficha técnica

Aproveitando a onda retrô surfada pela nova Nokia nos últimos anos, o designer Antony Andreas reimaginou o Nokia N9 de 2011 para os dias de hoje. A pergunta que fica é, será que alguém se interessaria por ele atualmente?

O aparelho da marca finlandesa vai completar uma década no ano que vem e foi o topo de linha da empresa durante uma fase complicada. Enquanto o N8 (de 2010) utilizava o sistema operacional Symbian, o N9 foi lançado com o MeeGo (que ainda existe, atualmente, na forma do sucessor SailfishOS). Porém, menos de dois meses depois do N9 chegar às lojas, a Nokia anunciou seu sucessor, o Lumia 800, desta vez equipado como sistema Windows Phone, utilizando o mesmo design do N9.

Sai o plugue microUSB e entra o USB-C (crédito: Antony Andreas)

Enquanto o N9 original usava um sistema operacional totalmente novo na época, Antony repensou o aparelho com o Android, guardando algumas influências do MeeGo, do Symbian e até do Windows Phone. Enquanto o design do N9 permanece atual, o mesmo não se pode dizer da experiência de uso dos sistemas que inspiraram o artista.

Depois de apelar à nostalgia nos lançamentos do Nokia 3310 e Nokia 8110, será que ainda há espaço para aparelhos retrôs da finlandesa? Ainda mais um que utilizava um sistema operacional pouco popular e um visual que não se diferencia tanto dos smartphones atuais.

Fonte:   Antony Andreas

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.