Gravação de série de Keanu Reeves gera apagão e medo no centro de São Paulo

Por Nathan Vieira | 19 de Agosto de 2019 às 19h40
IMDB

Pode parecer loucura, mas no último domingo (18), os paulistanos vivenciaram um cenário que causou uma onda de horror. A causa? Keanu Reeves. Sim, o ator. Acontece que o norte-americano veio para o Brasil fazer as gravações da série Conquest. O problema é que muitos moradores não foram avisados, e ficaram assustados com a somatória do apagão, os helicópteros no céu e os barulhentos fogos de artifício.

As filmagens aconteceram, mais precisamente, no Viaduto do Chá, na Praça do Patriarca, na Praça Ramos de Azevedo e nas ruas Direita, São Bento, Líbero Badaró, Xavier de Toledo, 24 de Maio, Barão de Itapetinga e Conselheiro Crispiniano. Além disso, algumas filmagens também foram feitas na Avenida Paulista, e faixas foram instaladas, notificando o bloqueio das ruas em questão.

A Folha de S. Paulo obteve informações da Segurança Pública de São Paulo, que aponta que não foi feito nenhum registro de roubo nessa região no domingo. A Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar fizeram acompanhamento na região durante o horário das filmagens. O jornal ainda destaca que além da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), nove secretarias municipais foram envolvidas.

Em abril deste ano, Reeves chegou a fazer uma reunião com o governador, João Dória (PSDB), o prefeito, Bruno Covas (PSDB), e o secretário municipal de Cultura, Alexandre Youssef, para obter autorização para fazer as filmagens no centro da cidade. O diretor da série, Carl Rinsch, também fez parte da reunião em questão.

O ator conversou com o Dória por meio de uma reunião (Foto: Gilberto Marques/Governo do Estado de São Paulo)

De acordo com informações da prefeitura de São Paulo para a Folha, a série Conquest traz São Paulo como um cenário que fornece abrigos a refugiados em meio a um contexto distópico. Além de estar presente na atuação, Keanu Reeves também é produtor da série. Foi a São Paulo Film Comission que fez essa ponte entre a cidade e a produção. A empresa já fez isso com outras produções famosas, como Sense8, que fez uma cena na parada LGBT+ na Avenida Paulista. A produção no Brasil é feita pela O2 filmes.

Fonte: Folha de S. Paulo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.