Fãs d'Os Simpsons se chateiam com morte de personagem e abertura bizarra

Por Redação | 30.09.2014 às 12:38

O site Business Insider publicou uma nota que pode ser considerada spoiler por muita gente, mas não é bem isso. Segundo o site, a morte do personagem Hyman Krustofski, o rabino e pai do palhaço Krusty, já estava nos planos dos roteiristas e vinha sendo mencionada por Al Jean, produtor executivo da série, desde outubro do ano passado.

Jean havia deixado uma dica sobre qual personagem morreria, dizendo que o ator que faz a dublagem dele já ganhou um prêmio Emmy pelo papel. Desde então, especulações não paravam de surgir na rede. Os fãs, no entanto, ficaram extremamente decepcionados por esperarem a morte de alguém "mais importante".

Krusty e o Rabino Hyman Krustofski

Apesar de Krusty, o palhaço, ter recebido a maior parte das apostas como sendo o personagem a sair d'Os Simpsons, seu pai foi quem se despediu para um "Céu Judeu". O comediante Jackie Monson, dublador do personagem rabino, interpretava o papel desde 1991 e chegou a ganhar um Emmy pelo trabalho em 1992.

Outra coisa que chamou atenção na estreia da nova temporada da série, que acaba de completar 26 anos, foi a abertura um tanto quanto bizarra. Criada pelo cineasta Don Hertzfeldt, a abertura sugere um cenário futurista e abstrato, referindo-se ao tempo de exibição que Os Simpsons têm na TV. Em uma parte do vídeo, é possível ver a data no ano de 10.535, sugerindo que o desenho ainda estaria no ar nessa época absurdamente distante. Assista-a abaixo: