Xiaomi pede "recall" de patinete elétrico M365 por falha de segurança

Por Natalie Rosa | 07 de Junho de 2019 às 19h05
Reprodução
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

A Xiaomi descobriu, recentemente, um problema de segurança em seu patinete elétrico M365, precisando agendar uma data para recall. Segundo a empresa, 10.257 unidades possuem um parafuso que pode se soltar durante o uso, a qualquer momento.

A fabricante revelou que o recall vai começar no dia 26 de junho no Reino Unido, inicialmente, se expandindo aos outros mercados em 1º de julho. A empresa ainda explica em seu site oficial como o usuário pode verificar quais são os lotes afetados, dos seguintes países: Reino Unido, Alemanha, Espanha, Dinamarca, Cazaquistão, Myanmar, Colômbia, Turquia, Laos, Itália, Hungria, Grécia, Coreia do Sul, Macau, Emirados Árabes Unidos, Bélgica, Portugal, Singapura, Rússia e Tailândia. Também há 169 patinetes sem identificação, ou seja, não se sabe em que localização eles estão.

A startup Bird começou os seus serviços disponibilizando estes modelos da Xiaomi para seus aluguéis mensais, e afirmou que está investigando esse caso, mesmo que a fabricante chinesa confirme que nenhuma das unidades afetadas estão em uso nas frotas de patinetes elétricos compartilhados.

Localização do número de série no patinete (Reprodução: Xiaomi)

"Estamos encorajando todos aqueles que compraram este produto a parar imediatamente de usar o patinete elétrico M365 até que tenham determinado se faz parte do recall", diz o anúncio da empresa. No site, basta digitar o número de série para descobrir se há o problema.

No início deste ano, outro problema afetou os patinetes da Xiaomi. Uma empresa de segurança descobriu que o módulo Bluetooth do modelo permitia a invasão de hackers, e poderia ser explorado para alterar a aceleração e frenagem.

Fonte: TechCrunch, Mi Global

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.