Cuidado: Oferta do iFood no WhatsApp pode ser golpe

Cuidado: Oferta do iFood no WhatsApp pode ser golpe

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 21 de Dezembro de 2021 às 13h00
Pexels/Alex Green

Descontos e promoções exclusivas do iFood têm chegado por mensagens no WhatsApp e por e-mail para alguns usuários da plataforma. Com o crescimento de golpes e fraudes virtuais, muitos clientes suspeitam dessas ofertas por não saberem se são autênticas.

Sempre que receber contatos dessa forma, de qualquer empresa, é fundamental desconfiar. Se as ofertas forem legítimas, virão de endereços de e-mail e telefones verificados. Em caso de dúvida, é melhor não clicar nos links recebidos.

Golpes no celular são cada vez mais comuns (Imagem: Reproduçãi/Envato/Prostock-studio)

O iFood não solicita dados bancários ou informações de cartões de crédito por e-mail ou por WhatsApp. Então, nunca informe esses dados fora do aplicativo da empresa — lá, as informações estão seguras e são protegidas pelas regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Em resposta à reportagem do Canaltech, o iFood destaca que suas comunicações com os usuários são realizadas pelo aplicativo ou pelo perfil oficial da empresa no WhatsApp: uma conta verificada que tem selo de autenticidade. "O iFood segue uma política rígida para proteger os dados pessoais dos usuários e recomendamos não abrir cupons enviados por outros meios de comunicação ou contas não verificadas", diz o comunicado.

A empresa ressalta que, em caso de dúvidas ou denúncias, o iFood está à disposição no canal oficial de atendimento. "O usuário poderá acessá-lo por meio do sistema de Ajuda do aplicativo. Recomendamos também que os clientes verifiquem nossas dicas para proteção de dados pessoais em neste link."

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.