Microsoft lança simulador que mostra até onde um ciberataque pode ir na sua casa

Por Wagner Wakka | Editado por Claudio Yuge | 09 de Abril de 2021 às 20h00
twenty20photos/Envato

A Microsoft está lançando um simulador de ciberataques. A ideia é ajudar pesquisadores e cientistas da área de segurança a entender o comportamento de agentes programados por inteligência artificial (IA), caso haja uma falha.

Chamado de CyberBattleSim, o programa é um projeto de código aberto e liberado para a comunidade. O time de pesquisas internas da Microsoft 365 produziu o modelo sob a interface Open IA Gym, baseada em Python. A ideia é que o usuário consiga entender os caminhos que agentes podem traçar em uma falha de segurança determinada por IA. O sistema distingue cada componente como um nodo que pode levar a outros setores do conjunto.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por exemplo, um notebook Windows infectado comprometer outros aparelhos, servidores e rede. Nesta simulação, é possível ver até onde a ameaça poderia ir antes de ser detectada pela defesa.

Imagem: Reprodução/Microsoft

“A simulação de ataque tem como objetivo mostrar ao usuário a parcela da rede que seria explorada com uma vulnerabilidade plantada. Quando um ataque simulado se move pela rede, agentes de defesa acompanham a atividade para detectar a presença de uma ofensiva e contê-la”, explica a Microsoft. De acordo com blog da empresa, a ideia também é gameficar o funcionamento de um cenário de ataque. Como a explicação teórica sobre o tema pode ser bastante complexa e desinteressante, a companhia prefere transformar a ofensiva em uma espécie de jogo a que qualquer pessoa pode ter acesso.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.