FBI emite alerta por conta de crimes dentro de sites de paquera

Por Wagner Wakka | 06 de Agosto de 2019 às 14h00

O FBI emitiu um alerta sobre sites de namoro após uma série de golpes serem aplicados por usuários dentro destes serviços. Mais de 33 mil pessoas já prestaram queixa à polícia do país se dizendo vítimas de fraudes relacionadas a confiança dentro da plataforma para lavagem de dinheiro e outras atividades.

As investigações apontam que, em 2017, os crimes envolveram cerca de US$ 211 milhões com 15 mil pessoas caindo nestes golpes. Em 2018, o número subiu para p 18 mil pessoas com US$ 362 milhões.

A movimentação envolve um criminoso se passando por um norte-americano vivendo fora do seu país de origem. A pessoa passa meses construindo um relacionamento com estes usuários, até que os convence de enviar presentes e até mesmo passagens para visitas. Segundo o FBI, em alguns casos, o criminoso finge que teve problemas com o dinheiro que utilizaria para permanecer no exterior, pedindo mais grana como ajuda.

A polícia também chegou a casos em que os criminosos convenceram usuários a criarem uma conta conjunta em bancos para facilitar os pagamentos. Com este acesso, alguns deles conseguiram lavar dinheiro e realizar outros crimes.

Um dos pontos levantados pelo comunicado do FBI é que tais sites não fazem a verificação de antecedentes criminais do usuário. Dentre as medidas de segurança, a recomendação do FBI é de pegar a foto do usuário e fazer uma pesquisa reversa no Google. Geralmente, tais usuários usam fotos falsas para não serem descobertos, o que é facilmente identificável com uma busca.

Fonte: PSA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.