Cópia maliciosa do Telegram engana usuários na Google Play Store

Por Redação | 16 de Janeiro de 2018 às 10h44
Reprodução
Tudo sobre

Google

Um app batizado de "Teligram" circulou por um tempo na Google Play Store e enganou muitos usuários. Segundo a empresa de segurança Symantec, o aplicativo foi criado com base no código aberto do Telegram e desenvolvido apenas com o intuito de ganhar dinheiro.

O Teligram era encontrado na loja de aplicativos da Google acompanhado dos dizeres "[NEW VERSION UPDATED]" e contava com muitas semelhanças em comparação ao app original, o Telegram, apenas com uma leve diferença na logo e a troca de um "e" por um "i" na grafia.

Baixando o Teligram, o usuário também percebia semelhanças no design da tela e na sua funcionalidade. As imagens abaixo comparam o app original com a cópia:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mas quais são os perigos?

Diferentemente da versão original, que não possui anúncios, a cópia maliciosa está repleta de propagandas que às vezes ocupam toda a tela do smartphone e impedem sua utilização.

Além disso, a Symantec afirma que os desenvolvedores do Teligram desenvolveram malwares dentro do código aberto do aplicativo para enganar os usuários e, assim, gerar monetização, mas alerta que há quem desenvolva malwares com objetivos diferentes e mais perigosos.

Como descobrir se um app é falso?

Antes de baixar um aplicativo, alguns fatores devem ser levados em questão:

  • Informações sobre o desenvolvedor;
  • Análise de comentários;
  • Quantidade de classificações.

Depois de se certificar sobre a veracidade do app e, finalmente, baixá-lo, não se esqueça de mantê-lo sempre atualizado. Além de tentar evitar apps de desenvolvedores desconhecidos, o ideal é também prestar atenção nas permissões exigidas pelo app e ter sempre um antivírus instalado em seu smartphone. Também não deixe de, claro, fazer o backup dos seus dados e arquivos com frequência.

O Teligram já foi removido da Google Play Store.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.