Aprenda a fazer compras online de forma segura

Por Dimitri Pereira
photo_camera Divulgação

No mundo contemporâneo, fazer compras online se tornou parte do cotidiano. Na internet se acha de tudo com abundância de produtos e serviços e muitas pechinchas.

Como qualquer operação, há questões de segurança que se deve ter em mente quando for fazer suas compras online, e com algum cuidado você pode minimizar o risco de ser passado para trás. Mesmo se você se considerar um comprador online experiente, vale a pena sempre se lembrar das dicas a seguir e garantir que a sua experiência seja a mais segura possível.

Dicas básicas

1. Não envie os seus dados de cartão de crédito via email, nem os publique em redes sociais (mesmo em mensagens privadas) ou os insira em sites desconhecidos.

2. Nunca dê mais informações do que as necessárias. As lojas não precisam saber detalhes como a sua data de nascimento ou o seu número de CPF, então não precisa divulgá-los.

3. Verifique se há um endereço físico e de contato com detalhes como números de telefone do fornecedor antes de fazer a compra.

4. Lembre-se de fazer o logout da sua conta depois de fazer uma compra.

Mantenha seu PC, Mac ou seu dispositivo móvel sempre atualizados

Verifique regularmente se há atualizações disponíveis para o sistema operacional, bem como para os aplicativos e navegadores também. Deixe-os sempre atualizados na versão mais recente. Faça varreduras com seu antivírus frequentemente e verificações de malware também são recomendados para ajudar a evitar que seus dados pessoais sejam comprometidos por ferramentas como keyloggers.

Adquira o hábito de usar senhas fortes e únicas para cada loja online que faz compras. Se você não alterou sua senha de uma conta existente há algum tempo, faça agora. Gerenciadores de senhas também são muito úteis para resolver problemas de memória e ainda geram senhas únicas.

Leia também: Como e por que usar um gerenciador de senhas

Faça compras em lugares privados e separados

Evite usar computadores e WiFi públicos ao fazer suas compras online. Isso inclui bibliotecas e aeroportos.

Se você realmente precisar fazer uma compra quando estiver fora de casa, use o modo dados do seu celular ao invés de usar WiFi. Uma VPN é também uma ótima opção para adicionar outra camada de segurança.

Vale a pena deixar um navegador separado que você mantenha regularmente atualizado exclusivamente para compras e transações bancárias online, e um outro para uso da internet de todos os dias.

Considere também abrir uma segunda conta de email especificamente para fins de compras online. Isso minimizaria fortemente o número de Spam e você enxergaria claramente qual serviço está utilizando seu endereço de email e para que finalidade.

Se você tem uma conta no Gmail, você pode acrescentar um símbolo de "+" no final do nome de usuário para ajudar a filtrar seu email. Por exemplo, você pode digitar seu endereço de email no formato: joao+compras@gmail.com e em seguida, configurar um filtro no Gmail para que todas as mensagens enviadas para o seu endereço sejam encaminhas diretamente para um marcador chamado "compras".

Investigue a loja antes de fechar a compra

Certifique-se de verificar totalmente as credenciais da loja e se é uma empresa de nome que você já ouviu falar.

Uma rápida pesquisa do nome do site vai te revelar se ela realmente existe e trará comentários sobre o serviço, mas fique atento se a loja é excessivamente bem avaliada em fóruns que podem não ser legítimos.

Certifique-se também de que o site está usando uma conexão segura, que é marcado por https:// na barra do navegador.

Alguns sites têm um ícone de um cadeado, chamado de indicador de confiança ou de selo de confiança, que mostra que a loja é verificada independentemente por um terceiro, como um antivírus.

Use um método de pagamento que ofereça proteção ao comprador

Embora os cartões de débito garantam que você está usando seu dinheiro da conta para fazer uma compra, a maioria não oferece a mesma proteção ao comprador como as outras formas de pagamento, se algo der errado. Um cartão de crédito, PayPal ou outra opção de dinheiro virtual lhe darão mais flexibilidade quando precisar solicitar um estorno.

Um estorno é quando uma transação é revertida e um reembolso é dado a você, comprador. O processo pode ser iniciado pelo seu banco na detecção de alguma atividade fraudulenta, ou, dependendo da situação, se o produto veio com defeito, ou houve um erro na compra. Verifique com o seu banco para obter detalhes.

Outra opção que você pode considerar é o uso de uma camada extra de proteção, que é um número de cartão de crédito para uso único. Estes estão ligados ao seu cartão de crédito normal, mas oferecem um número único para ser usado em uma transação para manter o número real do seu cartão de crédito em segurança. Isso é particularmente útil se houver uma quebra em algum lugar durante o processo de compra que pode revelar detalhes do seu cartão de crédito. Verifique com o seu banco se essa é uma opção.

Embora seja muito conveniente manter seus dados num site no qual você faz compras repetidas, vale a pena desmarcar qualquer opção que permita que a loja tenha detalhes do seu cartão de crédito arquivados. Dessa forma, se a sua conta for comprometida, pelo menos os seus dados bancários não serão revelados.

Fazendo compras com seu smartphone ou tablet

Além das dicas descritas anteriormente, existem algumas coisas a se ter em mente ao fazer compras a partir de dispositivos móveis. Definir uma senha padrão, ou bloqueio do PIN em seu smartphone e ajustar as configurações de tela para ser bloqueada automaticamente após um pré definido período de inatividade.

O aplicativo do próprio site pode ser uma maneira conveniente de fazer compras, mas descubra se ele está usando uma conexão segura ao transmitir detalhes das suas informações pessoais nas transações. Se não tiver certeza, é melhor realizar a compra através de um navegador móvel.

Desligue o Bluetooth se não estiver o utilizando e verifique quais as configurações de permissão que o aplicativo está pedindo antes de instalá-lo. Além disso, o enraizamento do seu dispositivo pode abrir mais janelas que irão te expor mais a ameaças.

No caso de perder o seu dispositivo, ou se você for roubado, e caso ele tenha informações pessoais tais como registros de seu cartão de crédito, ou se você deixou logado em uma conta que tenha acesso a seu cartão de crédito ou dados bancários, certifique-se que você pode apagá-los e desativá-los remotamente. Para dispositivos iOS, o FindMyPhone permite fazer isso a partir das definições. Para os usuários Android, podem usar o Gerenciador de dispositivos Android do Google, e apagar e bloquear o telefone ou tablet remotamente. Os proprietários de telefone Windows podem usar o recurso FindMyPhone em windowsphone.com para bloquear o aparelho em caso de perda ou roubo.

Calcule o custo total

Leve em conta o frete, os impostos sobre as vendas e quaisquer outros impostos ou taxas que possam ser aplicadas principalmente quando a importação é feita do exterior. Verifique as políticas de vendas da loja antes de finalizar uma compra para descobrir se você precisa cobrir os custos de retorno e qualquer taxa extra ou encargos que você precisará pagar caso o produto não atenda às suas expectativas e você precisar de reembolso.

Também vale a pena fazer pesquisas detalhadas para encontrar o melhor negócio para o mesmo produto. As ofertas são muitas. Não basta comprar na sua loja favorita online, você pode encontrar melhores negócios em outros lugares.

E se algo der errado?

Se você precisa relatar o roubo de identidade ou fraude, faça um boletim de ocorrência e avise o seu banco. Se algo parece suspeito, provavelmente é. Regularmente mantenha-se atento a fraudes online nos sites relevantes.

Essas dicas foram úteis? Você já teve problemas com compras online? Compartilhe suas experiências com a gente. Deixe um comentário.