Publicidade

10 milhões de brasileiros têm dados vazados todos os meses

Por| Editado por Wallace Moté | 28 de Junho de 2023 às 16h22

Link copiado!

Elements/mstandret
Elements/mstandret

Todos os meses, cerca de 10 milhões de brasileiros têm dados como logins e senhas expostos na Internet. O número mostra um crescimento vertiginoso, de mais de 60%, em relação ao que foi registrado no ano passado, quando a média era de aproximadamente seis milhões de exposições de credenciais por mês.

Os números são da empresa de segurança Apura Cyber Intelligence e mostram o interesse crescente dos cibercriminosos nas informações de brasileiros. Apenas para se ter uma noção, 2022 fechou com 72 milhões de credenciais de brasileiros vazadas; até o final de abril de 2023, entretanto, esse total já era de 39,5 milhões. O total é equivalente às populações das cidades do Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF) somadas.

Os especialistas apontam dois principais motivos para esse aumento no comprometimento de credenciais: os comportamentos inadequados de usuários, que não cuidam da própria higiene cibernética, e as vulnerabilidades de segurança que geram a exposição de dados corporativos. Do outro lado, fraudes online, ataques cibernéticos e vazamentos se tornam uma realidade preocupante para estes dois grupos.

Continua após a publicidade

A Apura também cita a disseminação cada vez maior de vírus ladrões de dados, que aumentam a vulnerabilidade das contas, principalmente, de usuários que compartilham senhas em mais de um serviço. Quando um é vazado, todos os outros acabam ficando em perigo, com os cibercriminosos tendo acesso direto a redes sociais, e-mails e até apps bancários.

“Segurança online é uma responsabilidade compartilhada. Os usuários também devem desempenhar papel ativo na proteção de suas informações, adotando boas práticas de segurança”, afirma Frank Vieira, diretor de pesquisas da Apura e responsável pela plataforma de monitoramento BTTng, responsável pelo levantamento dos dados.

Como evitar vazamento de dados?

Continua após a publicidade

Enquanto os usuários não podem fazer muita coisa para evitar que suas informações sejam vazadas de uma plataforma empresarial, medidas de proteção ajudam a minimizar os danos. Além de usar senhas únicas e exclusivas para cada cadastro e serviço, os usuários também devem prestar atenção nos sites em que se registram, além de manter sistemas operacionais e apps sempre atualizados. Antivírus e outras ferramentas de segurança também ajudam a identificar o acesso a sites suspeitos ou a presença de vírus.

Ao detectar um comprometimento, é importante trocar senhas e prestar atenção em acessos indevidos, principalmente a contas mais sensíveis como as de serviços financeiros, e-mails, mensageiros e redes sociais. Plataformas online como a Have I Been Pwned, por exemplo, ajudam a localizar vazamentos e indicar perfis que podem estar em risco.