Pesquisadores criam moscas-robô que batem asas e fazem movimentos acrobáticos

Pesquisadores criam moscas-robô que batem asas e fazem movimentos acrobáticos

Por Natalie Rosa | 18 de Setembro de 2018 às 07h30
Reprodução

A Universidade de Tecnologia Delft, da Holanda, criou um robô que parece um inseto, mais precisamente uma pequena mosca. Ágil e com quatro asas funcionais, o DelFly Nimble tem força de sustentação suficiente para conseguir voar e ainda controlar o seu voo.

Com ajuda das quatro asas, a "mosca" é capaz de controlar três eixos de voo e ainda realizar movimentos semelhantes ao inseto real, incluindo giros em 360 graus. Inicialmente, o pequeno robô consegue voar por apenas cinco minutos, mas o objetivo dos desenvolvedores é que este tempo aumente com alguns ajustes.

"Atualmente, o robô já consegue carregar uma câmera pequena, enviando imagens ao vivo para o operador, e ainda voar por mais de um quilômetro quando está completamente carregado", conta Matěj Karásek, líder do estudo. "Nós já estamos trabalhando para fazer drones completamente autônomos adicionando sistemas de câmera", completa.

De acordo com Guido de Croon, também participante do projeto, a propulsão do bater de asas do robô vai tornar mais fácil o processo de miniaturizar máquinas voadoras ainda mais versáteis no futuro. O pesquisador imagina enxames de moscas-robô minúsculas e autônomas polinizando plantas em estufas, ou ainda procurando por sobreviventes em prédios desmoronados após terremotos.

O vídeo abaixo mostra o DelFly em ação:

O artigo completo sobre o projeto está disponível na Science Mag.

Fonte: Digital Trends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.