Xiaomi está rindo à toa com seu meio bilhão de usuários ativos pelo mundo

Por Natalie Rosa | 03 de Julho de 2019 às 15h16

O CFO da Xiaomi, Zhou Guangping, revelou nesta quarta-feira (3) que a receita de serviços de internet da companhia aumentou em 31,8% no primeiro trimestre deste ano. Com isso, segundo o executivo, o número de usuários ativos chega 500 milhões em todo o mundo.

Os resultados financeiros da companhia, segundo Guangping, mostram ainda que a receita da Xiaomi e a taxa de crescimento de seu lucro líquido são mais velozes que a maioria das outras companhias do mercado de IoT (Internet das Coisas). O executivo conta também que é preciso analisar a estabilidade deste crescimento, verificando se o desempenho de custo pode ser melhorado simultanemente, por exemplo, após um investimento em grande escala.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em maio deste ano, a Xiaomi divulgou um relatório que mostrava sua receita total de US$ 6,37 bilhões, sendo um aumento de 27,2% ao ano. O lucro então foi ajustado em até 22,4% em comparação ao ano passado. Durante o período do documento, a quantidade de dispositivos IoT conectados à plataforma da Xiaomi atingiu 171 milhões de unidades, sem contar smartphones e laptops, sendo um aumento de 70% em relação ao ano anterior.

Fonte: GizChina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.