Salesforce registra receita recorde ao fim do primeiro trimestre fiscal

Por Felipe Ribeiro | 11 de Junho de 2019 às 07h30
Divulgação/ Salesforce
Tudo sobre

Salesforce

Saiba tudo sobre Salesforce

Ver mais

A Salesforce anunciou os resultados do primeiro trimestre fiscal da vigência 2020, encerrado em 30 de abril de 2019. A receita total do período foi de US$ 3,74 bilhões (R$ 14,5 bilhões, na cotação atual), com um aumento de 24% em relação ao ano anterior — um recorde, segundo a empresa. As receitas de subscrição e suporte foram de US$ 3,50 bilhões (R$ 13,5 bilhões), superando em 24% o ano de 2018. Os serviços profissionais e outras receitas foram de US$ 241 milhões (R$ 935 milhões), com crescimento de 23%.

O lucro por ação (GAAP) do mesmo período foi de US$ 0,49 (R$ 1,90), e o ganho diluído Não-GAAP por ação foi de US$ 0,93 (R$ 3,61). A contabilização dos investimentos estratégicos da empresa, exigidos pela ASU 2016-01, beneficiou o lucro GAAP diluído por ação de US$ 0,27 com base na alíquota de 25% dos EUA e ganhos diluídos Não-GAAP por ação de US $ 0,27 com base em nossa não Taxa de imposto Não-GAAP de 22,5%.

O caixa gerado pelas operações no primeiro trimestre foi de US$ 1,97 bilhão (R$ 7,64 bilhões), um aumento de 34%. O caixa total, que soma também os títulos negociáveis, encerraram o primeiro trimestre em US$ 6,38 bilhões (R$ 24,75 bilhões).

"Estou entusiasmado com nossos resultados neste trimestre e especialmente animado por ter entregado receita recorde no primeiro trimestre e fluxo de caixa operacional de quase US$ 2 bilhões (R$ 7,76 bilhões), 34% a mais que no mesmo período do ano anterior", disse Marc Benioff, Chairman e CoCEO da Salesforce. “Temos uma enorme oportunidade à nossa frente e estamos bem posicionados para o crescimento a longo prazo como o CRM número 1 do mundo", completou.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.