Mercado Livre bate a marca de US$ 5 bilhões em pagamentos em um trimestre

Por Wagner Wakka | 27 de Fevereiro de 2019 às 09h51
Mercado Livre
Tudo sobre

Mercado Livre

Saiba tudo sobre Mercado Livre

Ver mais

O Mercado Livre divulgou nesta terça-feira (26) o seu relatório financeiro do quarto trimestre de 2018, fechado no último dia de dezembro. A receita líquida da empresa no período foi de US$ 428 milhões, o que representa um aumento de 19,5% em relação ao mesmo período de 2017. O lucro bruto da companhia foi de US$ 204,8 milhões com uma margem de 47,8%, comparado aos 56,8% obtidos no quarto trimestre de 2017. A maior parte da compressão da margem bruta é atribuída a um aumento nos subsídios de frete grátis.

A empresa dividiu seu documento em duas partes: uma relacionada ao Mercado Pago; outra ao seu marketplace e envios. Em seu serviço de pagamentos, a empresa acumumulou quase 125,6 milhões de transações em um trimestre, aumento de 71,7%. No total, isso representou US$ 5,3 bilhões, um aumento de 22,1% em relação ao comparativo em dólar com o ano anterior.

Já para o marketplace e envios, o número de vendas atingiu US$ 3,2 bilhões, o que representa queda de 10,6% em relação a 2017, em dólar. Contudo, levando em conta apenas a fatia brasileira nesta conta, houve crescimento de 24,4% no período em relação ao ano passado. Este número é considerado muito bom já que no final de 2017 houve registro de aumento de 71,3%, um dos melhores da companhia.

Empresas e usuários venderam no marketplace do Mercado Livre 85,6 milhões de itens, fechando o trimestre em alta de 5,4% em comparação com o último trimestres do ano anterior. A quantidade de compradores únicos cresceu 7,5% no quarto trimestre, contra 9,4% no terceiro trimestre. Essa taxa de crescimento em queda é atribuível principalmente a ajustes de preços, incluindo a eliminação de itens de baixo valor na plataforma e a obrigatoriedade de pagamentos no Chile e na Colômbia, o que também afetou temporariamente o crescimento de compradores únicos.

Já o número de anúncios oferecidos no marketplace do Mercado Livre atingiu 182,1 milhões no quarto trimestre de 2018, um aumento de 59,7% em relação ao ano anterior, ultrapassando a marca de 150 milhões pela terceira vez.

Ao todo, 62,1 milhões de itens foram enviados através do Mercado Envios, um aumento de 28,5% em relação ao ano anterior. A empresa atribui este crescimento principalmente à evolução do programa de frete grátis. O número de itens expedidos na Argentina, México, Chile e Colômbia foi destaque no trimestre, crescendo 84,0%, 88,3%, 72,0% e 54,7%, respectivamente, na comparação ano a ano.

“Os números do último trimestre demonstram que mantivemos o nosso foco em proporcionar a melhor experiência para os usuários do nosso marketplace de maneira sustentável e equilibrada com os resultados financeiros da companhia. Com o mesmo princípio, seguimos avançando com o Mercado Pago, que em dezembro anunciou que o saldo da carteira digital dos seus quase 2,5 milhões de usuários ativos passaria a render acima da poupança e sem cobrança de tarifa, incrementando a sua oferta e se consolidando como a fintech mais completa do mercado”, comenta Stelleo Tolda, COO do Mercado Livre.

Apesar dos bons números de ontem, as ações da empresa fecharam o dia em queda de 1,49%, com papéis negociados a US$ 369,49.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.