IDC: Venda de celulares cai 1% e mercado cinza cresce no 3º trimestre de 2019

Por Felipe Ribeiro | 14 de Janeiro de 2020 às 14h32

O mercado brasileiro de celulares voltou a apresentar sinais de queda. Segundo estudo da IDC Brasil, o IDC Brazil Mobile Phone Tracker, o terceiro trimestre de 2019 registrou baixa de 1% nas vendas e de 9% nas receitas totais. O período também foi marcado pelo avanço do mercado cinza de smartphones, que cresceu 537,3% em relação ao mesmo período de 2018.

Celulares

No período, foram vendidas 11,3 milhões unidades. Do total, 10,5 milhões foram smartphones (queda de 3,3%) e 865 mil foram feature phones (alta de 40,3%). O principal motivo para a queda do setor no período foi a retração do consumo no país por conta do cenário macroeconômico desfavorável. Segundo Renato Meireles, analista de Mobile Phones & Devices da IDC Brasil, a desaceleração no consumo no terceiro trimestre de 2019 levou os fabricantes a baixarem os preços dos aparelhos, mas não foi o suficiente para o mercado reagir.

Com as promoções, o consumidor acabou comprando smartphones intermediários premium por preço de intermediário de entrada — com preço de R$ 700 a R$ 1.099 —, que tiveram aumento de 88% nas vendas.

Redmi Note 7 foi um dos aparelhos de maior sucesso no "mercado cinza"

Já o mercado de feature phones continuou crescendo no terceiro trimestre de 2019, registrando alta de 40,3% na comparação com o mesmo período de 2018, depois de um aumento de 34% no segundo trimestre de 2019. O principal motivo, segundo o analista da IDC Brasil, foi a demanda que ainda existe para este tipo de aparelho e não a chegada do KaiOs. Por enquanto, o sistema operacional influenciou apenas a receita, já que o KaiOs deixa os feature phones um pouco mais caros.

Quanto à receita do mercado de smartphones no terceiro trimestre de 2019, diminuiu 9% na comparação com o mesmo período de 2018. O faturamento do setor no período foi de R$ 12,3 bilhões. Já para os feature phones, a receita fechou em R$ 97,7 mil, alta de 9,6%. 

Mercado Cinza

O terceiro trimestre de 2019 também foi marcado pelo avanço do mercado cinza de smartphones, que cresceu 537,3% em relação ao mesmo período de 2018, vendendo 1.282.173 unidades.

Segundo a IDC Brasil, o movimento do mercado cinza vem crescendo desde o primeiro trimestre de 2019, quando a chegada de empresas chinesas no País despertou o interesse do consumidor, que quis comprar os lançamentos, mas pesquisou preços e recorreu aos comércios que praticam a venda destes produtos ilegais, pois os produtos são ainda mais baratos.

Previsão para o 4º trimestre

Para os meses de outubro, novembro e dezembro de 2019, a IDC Brasil prevê um aumento de 5,1% no volume total de vendas de smartphones no País, muito em função de movimentos como a Black Friday e o Natal. Os preços tendem a seguir mais baixos com as promoções da época e influenciar a receita do mercado, que deve continuar em queda. Os resultados gerais de 2019, segundo a IDC Brasil, devem apresentar leve queda de 0,5%.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.