Instagram libera recurso que permite fazer compras dentro do app

Por Jessica Pinheiro | 04 de Maio de 2018 às 12h36
Tudo sobre

Instagram

Os perfis voltados ao comércio do Instagram podem contar com um novo aliado à vista. É que a rede social começou a liberar na surdina um recurso que permite aos usuários fazerem pagamentos dentro do aplicativo. A novidade, entretanto, ainda está restrita a um número limitado de pessoas nos Estados Unidos e nos Reino Unido.

Para poder usufruir desta comodidade, tudo que o usuário precisa fazer é registrar um cartão de débito ou crédito em sua conta e configurar um pin de segurança. Após gerenciar essa etapa, o usuário pode começar a realizar transações dentro do app, sem precisar ser redirecionado para um site fora do aplicativo.

(Imagem: Tech Crunch)
(Imagem: Tech Crunch)

Os serviços prometidos para esta nova função incluem reservas em restaurantes, salões de beleza e tudo mais que for possível, desde que a marca que você estiver realizando a transação seja parceira do Instagram. Até o momento, de acordo com um porta-voz da companhia, apenas um número limitado de parcerias está disponível.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em março de 2017, o Instagram já havia anunciado que lançaria neste ano um recurso para reservar serviços diretamente no perfil das marcas. Agora, os planos da empresa também incluem adicionar opções para pagamentos diretos e compras de ingressos de cinema por meio do app.

(Imagem: Tech Crunch)

Ainda não se sabe quando essa funcionalidade estará disponível para todos os usuários da rede social de fotografias, muito embora espera-se que a mudança ocorra gradualmente, caso tudo dê certo nesta fase inicial de testes. A ideia é que inúmeras marcas migrem uma parte de seus e-commerces para o Instagram quando a ideia for implementada. Resta saber como se dará a taxa de conversão através do sistema.

Ainda vale ressaltar que os termos de serviço revelam que os pagamentos do Instagram são respaldados pelas regras do Facebook, que já tinha começado a implementar comércio nativo por volta de 2013. Os pagamentos peer-to-peer, no entanto, foram distribuídos através do Messenger, com a opção de pagamento nativo ainda limitada à versão Beta do aplicativo. Portanto, não se sabe se a opção de pagamento peer-to-peer chegará ao Instagram, muito embora a adição de um cartão de crédito ou débito seja um fator decisivo para a proposta.

É bem possível, também, que o Instagram implemente tags de compras, permitindo que os usuários sejam redirecionados diretamente ao que procuram para realizar compras dos objetos ou marcas que desejam mais facilmente.

Fonte: TechCrunch, GSM Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.