Facebook testa recurso de bloqueio temporário de palavras, evitando spoilers

Por Felipe Demartini | 27 de Junho de 2018 às 11h45
Reprodução
Tudo sobre

Facebook

O Facebook está testando um recurso capaz de silenciar palavras, frases, hashtags ou temas por 30 dias, como uma forma de combater os spoilers e assuntos que, por qualquer motivo, o usuário queira ver desaparecendo temporariamente de seu feed. O recurso está chegando nesta quarta-feira (27) a uma pequena quantidade de pessoas, principalmente nos Estados Unidos e Europa.

A ideia é facilitar um silenciamento temporário de temas. Vamos supor, por exemplo, que você queira passar longe das publicações de apoio a um determinado candidato durante as eleições ou não vai poder assistir ao novo filme dos Vingadores na estreia e deseja evitar spoilers. Mais tarde, porém, você pode desejar participar das discussões sobre tais assuntos e é justamente aí que entra o botão “soneca”.

Trata-se de uma expansão de um recurso que já existe hoje e permite silenciar pessoas por um mês. O funcionamento também é semelhante — para bloquear temporariamente um termo, é preciso acessar o menu relacionado a uma publicação que o contenha e, na sequência, selecionar as palavras a serem mutadas temporariamente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Quando acessado, o sistema é capaz de reconhecer as palavras-chave que podem ser silenciadas, removendo artigos, pronomes e outros termos mais comuns. Na frase “O Brasil ganhou a Copa do Mundo de 1994”, por exemplo, o sistema destacaria “Brasil” e “Copa do Mundo”. O bloqueio funciona de forma individual; então, caso o nome de nosso país fosse colocado na soneca, por exemplo, você também perderia publicações sobre política, outros esportes, culinária e qualquer outra menção ao termo.

Recurso do Facebook vai permitir silenciamento de palavras por um mês (Imagem: Divulgação/Facebook)

Uma vez silenciada, a palavra deixa de aparecer não apenas no feed de notícias, mas também em postagens de grupos, mesmo que a linha do tempo de tais espaços seja acessada diretamente. A única exceção, claro, é a visualização direta de um link para uma postagem específica, uma vez que os termos silenciados não serão suprimidos dos textos originais.

Além disso, o Facebook diz que, em uma atualização posterior, será possível criar uma lista preventiva de termos a serem silenciados, reduzindo ainda mais o risco de spoilers ou a dor de estômago ao cruzar com algo indesejado na rede. Entretanto, a “soneca” funciona apenas com texto e não é capaz de reconhecer imagens, caso venham desacompanhadas da escrita. Anúncios também não serão bloqueados pelo sistema, como já era de se esperar.

De acordo com a rede social, o recurso de silenciamento temporário vinha sendo comentado em grupos focais e entrevistas com usuários há meses, mas o mesmo não pode ser dito de um bloqueio permanente. Apesar disso, a companhia não exclui a ideia, que pode aparecer no futuro, ou não, de acordo com o feedback dos utilizadores em relação ao novo recurso. Seria um recurso interessante, inclusive, para os esforços da plataforma contra o abuso online.

Por enquanto, entretanto, o lançamento é apenas preliminar. Os usuários elegíveis para participarem dos testes devem ver o recurso aparecendo somente nas versões mobile do Facebook. Ainda não há previsão para a chegada definitiva do sistema.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.