Facebook suspende milhares de apps em investigação pós-Cambridge Analytica

Por Natalie Rosa | 22 de Setembro de 2019 às 22h00
Unsplash
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

O Facebook suspendeu centenas de milhares de aplicativos, segundo nota publicada na sexta-feira (20), como parte de investigações que tiveram início ainda no ano passado, após o escândalo da Cambridge Analytica.

O esquema foi revelado em março de 2018, contando que dados de mais de 87 milhões de usuários do Facebook foram usados sem a devida permissão. Desde então, a companhia vem investigando formas de manter seus mais de 2,4 bilhões de usuários seguros.

Uma das táticas do Facebook foi investigar desenvolvedores para descobrir quais aplicativos contavam com acesso a dados dos usuários, chegando a um número alto de suspensões. Os apps encontrados dentro deste critério eram relacionados a 400 desenvolvedores.

Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos do Facebook, diz que a ação não significa necessariamente que os aplicativos suspensos apresentavam perigo para as pessoas. Alguns, inclusive, foram removidos por não terem respondido pedidos de mais informações.

O Facebook não divulgou a lista de quais são os aplicativos suspensos, no entanto.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.