Facebook processa donos de domínios impostores que fingem ser da rede social

Por Stephanie Kohn | 09 de Junho de 2020 às 16h39
Facebook
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

O Facebook abriu uma ação judicial contra domínios registrados pela Compsys Domain Solutions Private, uma provedora indiana que cadastrou URLs similares aos nomes de alguns serviços da rede social e que poderiam induzir o internauta ao erro e até facilitar golpes.

De acordo com o diretor de litígios e consultor jurídico do Facebook, Christen Dubois, a empresa em questão não respondeu nenhum dos pedidos de esclarecimento em relação às URLs.

A ação judicial foi aberta pelo Facebook para "prevenir fraude e acabar com o uso malicioso do nome da companhia e de seus produtos".

"Nós vasculhamos a internet regularmente buscando por domínios e aplicativos que infringem nossa marca e a ação judicial de hoje é parte do esforço em proteger as pessoas de phishing, roubo de credenciais e outros métodos de fraude online", disse o diretor da companhia.

Esta é a terceira vez nos últimos dois anos que a rede social tomou providências legais contra empresas que permitiram que clientes maliciosos abusem de suas plataformas.

Em março deste ano, o Facebook processou uma empresa de registro de domínios chamada Namecheap e o servidor Whoisguard pelos mesmos motivos. A Whoisguard registrou 45 URLs que fingiam ser da rede social e de alguns de seus serviços, como instagrambusinesshelp.com ou facebook-login.com e whatsappdownload.site.

Em outubro de 2019, a rede social também processou a OnlineNIC e a ID Shield pelo registro de dois domínios: facebook-login.com e facebook-mails.com.

Fonte: Bleeping Computer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.