Facebook oferece até US$ 10 milhões para projetos de comunidades na rede social

Por Wagner Wakka | 24 de Setembro de 2018 às 20h30
Fred
Tudo sobre

Facebook

O Facebook anunciou, neste último domingo (23), um novo programa para apoiar usuários que lideram comunidades. Chamada de Programa de Líderes de Comunidades do Facebook (FCLP), a iniciativa vai dar até US$ 10 milhões como incentivos de projetos da plataforma, seja para novas ideias ou desenvolvimento de iniciativas já em andamento.

O Brasil será representado com nove ações já listadas de um conjunto de 22 da América Latina. São elas: Mulheres que Decidem, Força Meninas, Techstarts Startup Weekends, Associação de Câncer de Boca e Garganta, Politiquê?, Politize!, Mommys do Face, e Maternativa.

Tais ações são divididas em grupos de atuação. Por exemplo, as Mulheres que Decidem, Força Meninas e Techstar Startup Weekend são voltadas para educação. Os três projetos fazem, à sua maneira, um trabalho de preparar mulheres para o mercado de trabalho e empreendedorismo. Já os projetos Politiquê? e Politizei buscam ajudar usuários a entenderem sobre soluções de problemas de cunho social e política. A proposta é fomentar o engajamento cívico sobretudo dos mais jovens. Juntas, elas somam mais de 70 mil usuários.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os projetos escolhidos também falam sobre questões relacionadas à maternidade. O Mommys do Face, por exemplo, cria uma comunidade em que mães podem trocar informações e fornecer apoio entre si. Já o Maternativa ajuda mãe a ter uma independência financeira durante e depois da gestação.

Por fim, a Associação de Câncer de Boca e Garganta fornece são somente informações para pacientes com estes tipos de problema, mas ajuda na busca por tratamento, reabilitação e fornece ajuda legal e de inclusão social. Cada um desses grupos vai receber um montante de US$ 50 mil em bolsas, mentoria e treinamento do Facebook.

Programa de residência

Além dos nove projetos selecionados, o Facebook ainda vai contar com uma líder da América Latina que será alocada com um time da rede social para treinamento e desenvolvimento. A escolhida foi Paula Pfeifer do projeto Crônicas da Surdez, voltado a ajudar deficientes auditivos e usuários de aparelhos de audição em como navegar na internet. Ela recebeu um aporte de US$ 1 milhão.

O projeto vai ajudar comunidades em todo mundo. A lista completa está no site oficial do programa no Facebook.

Fonte: Facebook Newsroom

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.