Facebook oferece até US$ 10 milhões para projetos de comunidades na rede social

Por Wagner Wakka | 24 de Setembro de 2018 às 20h30
Fred

O Facebook anunciou, neste último domingo (23), um novo programa para apoiar usuários que lideram comunidades. Chamada de Programa de Líderes de Comunidades do Facebook (FCLP), a iniciativa vai dar até US$ 10 milhões como incentivos de projetos da plataforma, seja para novas ideias ou desenvolvimento de iniciativas já em andamento.

O Brasil será representado com nove ações já listadas de um conjunto de 22 da América Latina. São elas: Mulheres que Decidem, Força Meninas, Techstarts Startup Weekends, Associação de Câncer de Boca e Garganta, Politiquê?, Politize!, Mommys do Face, e Maternativa.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Tais ações são divididas em grupos de atuação. Por exemplo, as Mulheres que Decidem, Força Meninas e Techstar Startup Weekend são voltadas para educação. Os três projetos fazem, à sua maneira, um trabalho de preparar mulheres para o mercado de trabalho e empreendedorismo. Já os projetos Politiquê? e Politizei buscam ajudar usuários a entenderem sobre soluções de problemas de cunho social e política. A proposta é fomentar o engajamento cívico sobretudo dos mais jovens. Juntas, elas somam mais de 70 mil usuários.

Os projetos escolhidos também falam sobre questões relacionadas à maternidade. O Mommys do Face, por exemplo, cria uma comunidade em que mães podem trocar informações e fornecer apoio entre si. Já o Maternativa ajuda mãe a ter uma independência financeira durante e depois da gestação.

Por fim, a Associação de Câncer de Boca e Garganta fornece são somente informações para pacientes com estes tipos de problema, mas ajuda na busca por tratamento, reabilitação e fornece ajuda legal e de inclusão social. Cada um desses grupos vai receber um montante de US$ 50 mil em bolsas, mentoria e treinamento do Facebook.

Programa de residência

Além dos nove projetos selecionados, o Facebook ainda vai contar com uma líder da América Latina que será alocada com um time da rede social para treinamento e desenvolvimento. A escolhida foi Paula Pfeifer do projeto Crônicas da Surdez, voltado a ajudar deficientes auditivos e usuários de aparelhos de audição em como navegar na internet. Ela recebeu um aporte de US$ 1 milhão.

O projeto vai ajudar comunidades em todo mundo. A lista completa está no site oficial do programa no Facebook.

Fonte: Facebook Newsroom

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.