O Instagram pode detonar a sua autoestima - e é pior que o Facebook!

Por Redação | 31.07.2013 às 07:30

Você organiza o cenário, arruma o cabelo e tira vinte fotos, alternando os ângulos e as poses. Feito isso, é hora de escolher as melhores imagens, sempre com cuidado, afinal, ela vai parar no Instagram e será silenciosamente julgada por todos os seus amigos.

Acredite, não é só você que faz isso. E deslizar os dedos pela tela do smartphone em busca das fotos dos seus conhecidos pode desencadear sintomas depressivos, segundo um estudo conduzido por Hanna Krasnova, da Humboldt University, de Berlim, na Alemanha.

“Se você vê belas fotos de um amigo no Instagram, uma forma de compensar isso é apresentar fotos ainda melhores, e então seu amigo vê as suas fotos e posta fotos ainda melhores e assim por diante. A autopromoção gera ainda mais autopromoção e o mundo das mídias sociais fica ainda mais distante da realidade”, disse Hanna ao Slate.

Imagens, curtir e comentários

Em estudos anteriores foi constatado quais são os três principais fatores que causam sentimentos depressivos na rede social: imagens, curtir e comentários. Todos sabemos que uma imagem diz por mil palavras e nas redes sociais isso não seria diferente. Ver que as outras pessoas estão tendo bons momentos (principalmente quando estão de férias) ou que apresentam um padrão de beleza ideal influencia na autoestima sim.

Já os "curtir" e os comentários funcionam como mecanismos de aprovação. Se você posta uma foto sua e ela só recebe dois ou três "curtir", sua autoestima fica mais baixa do que se você tivesse ganho dez ou vinte. O mesmo vale para os comentários.

E justamente os três principais fatores do Facebook que levam a uma baixa autoestima e a sentimentos depressivos são aqueles que compõe o Instagram. Na rede, você posta fotos e aguarda os "curtir" e os comentários. Mas tome cuidado para que, se eles não vierem, sua autoestima não fique no chinelo.

O uso errado

Vale lembrar que não são as redes sociais em si que são ruins e desencadeiam sentimentos de baixa autoestima e inveja, mas o uso que fazemos dela. Conversar com amigos e trocar algumas fotos é um uso saudável e social de manter contato com as pessoas. Contudo, passar horas lendo postagens e vendo fotos pode fazer mal.