Anomo: o "anti-Tinder" que coloca as aparências em segundo plano

Por Redação

O boom da Internet e a popularização das redes sociais têm causado um efeito interessante: a mudança em como as pessoas se conhecem e se relacionam. Uma foto bonita, onde trabalha e estuda, viagens, interesses pré-determinados em comum: com o surgimento de aplicativos como Tinder e WeChat, além do próprio Facebook, sua escolha para iniciar uma nova conexão com uma pessoa acaba se dando por esses fatores superficiais. Saber todas as informações do perfil do Facebook não significa que você conhece de fato determinada pessoa.

Mas agora estão surgindo diversos aplicativos para tentar mudar essa tendência. Um deles é o Anomo, que não mostra muita informação específica nem foto dos usuários. Utiliza avatares e jogos de compatibilidade para quebrar o gelo e fazer com que as pessoas passem a se conhecer. As fotos e informações são reveladas com o tempo.

Anomo

“Estamos apenas imitando como as coisas funcionam na vida real”, diz James Sun, um dos fundadores do app, para o site Fast Company. Segundo ele, “quando conhecemos uma nova pessoa, não falamos ‘conte-me tudo sobre sua vida’ no primeiro encontro. Conhecemos mais sobre essa pessoa com o passar do tempo”.

Ainda segundo Sun, muita gente acaba não se sentindo confortável em criar um perfil público e expor todas as informações, e um ambiente anônimo torna-se um lugar seguro para que as pessoas se conheçam melhor antes de compartilhar a vida.

Claro que no Tinder você tem a opção de conversar, e no próprio Facebook você não é obrigado a colocar sua biografia e postar fotos. Mas ainda assim Anomo é uma idéia interessante.

O aplicativo foi lançado em junho e tem uma base pequena de usuários, na faixa dos 4 mil por dia.

Ficou interessado? Baixe o Anomo na Play Store / App Store!

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.