7 técnicas que vão melhorar o seu alcance orgânico no Facebook

Por Neil Patel | 02 de Novembro de 2016 às 22h10

O Facebook tem parecido cada vez menos promissor ultimamente. O seu alcance orgânico está em baixa e os profissionais do marketing estão preocupados com isso.

Em 2012, o Facebook começou a reduzir o alcance das marcas para apenas 16% do seu nível anterior. Um ano depois, eles ajustaram o algoritmo para reduzir ainda mais o alcance orgânico. Em 2014, o alcance orgânico atingiu o seu nível mais baixo. As marcas protestaram e a palavra “Reachpocalypse” (apocalipse do alcance) entrou para o vocabulário das mídias sociais.

O Facebook tem limitado de forma gradual o alcance orgânico das marcas – o número de pessoas que um negócio pode alcançar ao escrever posts na sua página oficial e sem ter que pagar a mais para ser promovido. Hoje em dia, o alcance orgânico está morto.

Nós podemos ficar nos perguntando sobre o porquê à vontade, mas faço uma pergunta que vai ao cerne do problema: como podemos melhorar o nosso alcance orgânico no Facebook a despeito do que esse gigante das mídias sociais tem escolhido fazer?

1. Analise os seus dados com o Facebook Insights

Ao invés de apenas analisar o seu “alcance”, dê uma olhada mais profunda nos resultados analíticos do seu Facebook, conhecido como Facebook Insights.

O alcance não é a única medida para o sucesso da sua marca, e nem sequer é o seu dado mais importante. A compreensão das curtidas, das curtidas em páginas novas, do engajamento, dos cliques, dos posts e do número de visitas fornece uma visão muito mais completa da performance da sua marca no Facebook.

Eu posso atestar pessoalmente o valor dos dados para se tomar decisões de marketing. Duas das empresas das quais fui cofundador (KISSmetrics e CrazyEgg) foram criadas a partir da crença de que um conjunto de dados melhor leva a decisões de marketing mais eficazes. O Facebook Insights não é muito diferente. Quanto melhor você consegue ler os seus dados, melhor você pode reagir de forma apropriada à crise do alcance orgânico.

2. Seja engraçado

Há coisas às quais o seu público do Facebook simplesmente não é capaz de resistir – como, por exemplo, uma boa piada.

O Groupon descobriu isso quando eles resolveram divulgar o Banana Bunker na sua página de Facebook. Previsivelmente, o post fez bastante sucesso.

Por mais limitado que o alcance orgânico esteja, o Groupon provou que um conteúdo excepcional – ou um conteúdo muito engraçado – pode ter um alcance muito amplo. Para dar conta da enxurrada de respostas, o Groupon autorizou toda a sua equipe a comentar as respostas. Essa campanha foi tão bem-sucedida que eles a repetiram algumas semanas depois.

3. Não peça curtidas ou compartilhamentos

Na etiqueta das mídias sociais é ok pedir curtidas e compartilhamentos. Mas para o Facebook, não.

Se você pedir curtidas e compartilhamentos o Facebook vai suprimir ainda mais o seu post. O algoritmo do alcance orgânico limita o alcance de posts que contenham “iscas de curtidas”. De acordo com o Facebook, pedir aos seus fãs para curtir, comentar ou compartilhar o seu post é realizar uma “isca de curtidas”.

Ainda é possível pedir curtidas e compartilhamentos. Você apenas deve tomar o cuidado de ser sutil ao fazer isso. O MannixMarketing sugere alguns métodos que talvez escapem ao radar de “iscas de curtidas”. Tente essas frases:

  • Quem está comigo?
  • Quem concorda?
  • Alguém mais?
  • Quem está preparado?
  • Quem está animado?
  • Você se identifica?
  • Todos a favor?
  • Dá um jóia aí se...

A coisa mais importante de se ter em mente é que pedir por algum tipo de interação é uma forma certa de não conseguir o que você quer, a não ser que você seja sutil.

4. Não recicle conteúdo

Outra forma pela qual o Facebook limita o seu alcance orgânico é pelo método da identificação de “conteúdo que circula com frequência”. Eles assumem, talvez corretamente, que seus leitores vão querer ver uma certa atualização apenas uma vez, não mais.

Para limpar o feed de novidades, um post que você publique pela segunda vez não obterá o mesmo alcance de quando ele foi publicado pela primeira vez.

Esforce-se ao máximo para manter uma continuidade de posts com conteúdo novo na página da sua marca. Se você realmente precisar reciclar o seu post, deixe que se passe bastante tempo antes de publicá-lo pela segunda vez e altere a descrição do texto de alguma forma.

5. Faça posts fora dos horários de pico

Você já escutou a máxima “publique nos horários de pico! ” Se você quiser ter mais visibilidade orgânica no Facebook, essa talvez não seja uma boa ideia.

Publicar o seu conteúdo do Facebook fora dos horários de pico resulta em níveis substancialmente mais elevados de alcance. Por quê? É um simples jogo de números que o algoritmo ainda não encontrou uma forma de levar em conta. Se existe pouco conteúdo sendo compartilhado em um dado momento, então o seu post possui maior probabilidade de ser notado naquela hora.

Para ter uma visão mais detalhada dos dados, utilize o Facebook Insights para descobrir quando os seus fãs estão online. Selecione os momentos de menor acesso e agende os seus posts para essa hora. E então veja o que ocorre com os seus níveis de engajamento.

6. Faça perguntas

Apesar de não ser bom pedir curtidas e compartilhamentos, o engajamento com a sua comunidade não está proibido. Para catapultar o seu nível de engajamento faça com que os seus posts sejam interativos. Comece uma discussão. Faça perguntas. Peça opiniões. Crie uma votação. Torne a interação democrática.

Trate o Facebook menos como um palco e mais como uma festa descontraída. Você não é um palestrante importante, mas sim alguém que participa da conversa.

Apesar do fato de que o seu alcance orgânico nunca voltará a ser tão alto, você ainda pode ter discussões com pessoas que realmente se importam. Talvez todo aquele alcance orgânico não tenha um potencial de conversão tão grande quanto nós pensávamos.

7. Incorpore (embed) os posts do Facebook no seu blog

Talvez o alcance orgânico do Facebook esteja diminuindo, mas isso não exclui o tráfego do seu blog. Se você está com uma boa movimentação nos posts de marketing de conteúdo do seu blog, por que não combinar as duas plataformas?

Ao incorporar os posts da sua marca no Facebook no seu blog você pode dar maior visibilidade aos posts de suas mídias sociais, atrair novos usuários e aumentar o seu engajamento. Para incorporar um post no seu blog, clique na setinha para baixo no topo direito do seu post do Facebook, selecione “incorporar publicação” e cole o código no seu blog.

Conclusão

Há vida no Facebook após o ”Apocalipse do alcance”? Claro que sim. O seu alcance no Facebook provavelmente nunca mais alcançará os patamares do período pré-2014. Mesmo assim, o Facebook ainda é a maior plataforma de mídia social do mundo.

A sua marca precisa fazer parte dessa plataforma. Apesar das limitações, você ainda pode ter níveis de alcance respeitáveis. E, o que é ainda mais importante, você pode se engajar o quanto quiser com os fãs que realmente importam.

Quais técnicas de Facebook você ainda considera eficazes?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.