Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Saiba quais cidades reais inspiraram esses 6 locais fictícios da DC

Por| 18 de Agosto de 2023 às 14h29

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Todo mundo que acompanha os quadrinhos da DC Comics sabem que, diferente da Marvel Comics, todos os maiores cenários onde acontecem as tramas são cidades fictícias. É claro que elas foram criadas a partir de centros urbanos reais, contudo, alguns locais são difíceis de cravar a contraparte da realidade. Ainda assim, é possível apontar quais foram as principais inspirações que pavimentaram a base das maiores metrópoles da editora.

Abaixo estão as seis principais cidades fictícias da DC Comics e quais locais ou ideias serviram de base para a construção desses cenários que abrigam os heróis mais populares da Liga da Justiça. Vem comigo que o Canaltech te explica certinho.

Gotham City

Continua após a publicidade

A cidade protegida pelo Batman e sua família de heróis tem uma personalidade própria, em uma mistura de mistério noir e tramas policiais na Chicago da Lei Seca dos anos 1930 com a violenta Nova York infestada por gangues de rua e mafiosos nos anos 1970.

Gotham City sempre tem o céu sempre cinza, noites longas cheias de mistério e figuras de caráter questionável convivendo com uma comunidade que celebra perversão, crueldade, melancolia e corrupção. Gotham City oferece o lado mais sombrio e maligno do ser humano.

Batman vive entre prédios decadentes com design gótico capazes de descolorir os corações mais ensolarados com uma descarga de fumaça, vidro, concreto e cinismo. Gotham City representa tudo o que deu errado em uma cidade, e, ainda assim, os moradores masoquistas não se mudam de lá — aliás, há uma explicação para isso, que te conto em outra matéria.

Metrópolis

A cidade que abriga o Superman e seu legado é o completo oposto de Gotham City, em uma ambientação retrofuturista com design art deco, como uma espécie de Nova York perto da utopia. Dias longos e ensolarados iluminam ruas limpas e organizadas, em uma ambientação que evoca o american way of life dos anos 1950 sem deixar de lado a faceta progressista e tecnológica.

Como o próprio nome diz, Metrópolis é um grande centro urbanos orientado à intensa vida corporativa, com os principais ingredientes de uma capital que abriga pessoas em busca de sucesso, dinheiro e novas oportunidades.

Continua após a publicidade

Central City (e Keystone City)

A cidade dos Flash é uma grande colcha de retalhos que transmite a sensação ingênua de cidades do interior em uma caracterização quase cartunesca, com uma comunidade que alterna problemas banais do cotidiano com a vilania de criminosos cafonas e espalhafatosos. É muito comum vermos os inimigos mais preocupados em brincar de gato e rato com os Velocistas Escarlates do que roubar bancos ou explodir prédios.

O cânone da DC diz que Central City esteve atrelada ao estado de Ohio entre os anos 1970 e 1980, e, a partir de 2004, com a obra DC: A Nova Fronteira, o local se mudou para Illinois. Mas, na maioria das vezes, é citada como contraparte de Kansas City, no Missouri.

Continua após a publicidade

Já Keystone City, lar do Flash da “velha guarda”, Jay Garrick, fica em uma “cidade-irmã” do outro lado do rio cruza o Kansas, em uma versão retrô de Central City, com aquela atmosfera bobinha dos anos 1940.

Coast City

A cidade do Lanterna Verde Hal Jordan tem grandes estradas, e paisagens naturais em meio ao clima quente em um cenário veranil. De acordo com Showcase #22, de 1959, Coast City fica na região de San Diego, no sudeste da Califórnia.

Continua após a publicidade

O município era meio irrelevante na DC, até que foi completamente destruído pelo Ciborgue Superman e causou a ira de Hal Jordan, que, ensandecido, tornou-se o vilão Parallax. Depois que o herói retornou da morte e passou uma barra ao lado dos moradores na guerra entre os Lanternas Verdes e a Tropa Sinestro, o local se tornou “a cidade sem medo”.

Lembrando que os Lanternas Verdes são escolhidos justamente pela capacidade superior de sobrepujar o medo.

Star City

Continua após a publicidade

A cidade da família do Arqueiro Verde tem uma caracterização politizada e burocrática, com ar gelado e muita corrupção entre as autoridades. Nos anos 1980, o local foi substituído por Boston, o que levava a crer que essa era sua contraparte.

Contudo, nos primeiros anos que Star City foi citada, havia uma forte sugestão de que ela ficava tanto em Connecticut quanto nas proximidades dos Grandes Lagos. E há uma revisão moderna que atribui a contraparte desse município a Des Moines, no Iowa, embora a DC insista em continuar causando confusão, apontando a localidade real na Costa Oeste dos Estados Unidos.

Opal City

Continua após a publicidade

A base do Starman e do Homem Elástico é um cidade repleta de elementos de fantasia e ficção científica, com uma aura que oscila improváveis intervenções cósmicas com uma ambientação que fica no meio-termo entre Gotham City e Metropolis.

Ninguém liga para essa cidade, na verdade, mas ela tem lá sua função ser um local de passagem de vários heróis, como a Supergirl. O município tem lá seu charme arquitetônico, com atmosfera retrô e design opressor.