Uber for Business é lançado no Brasil

Por Redação | 20 de Maio de 2015 às 13h16

Já bastante reconhecido internacionalmente, o Uber for Business está chegando ao Brasil. Agora, além de atender a passageiros comuns, o serviço também abre as portas para o mercado corporativo, disponibilizando uma plataforma que permite o controle completo das despesas de viagem e a fixação de regras para o uso de carros em situações como estas.

As empresas interessadas em utilizar a solução devem se cadastrar em uma página dedicada e, na sequência, preencher as informações relacionadas a pagamento. Além disso, precisam cadastrar os funcionários que utilizarão o Uber, de forma que eles possam ter acesso aos meios corporativos no mesmo aplicativo mobile que já utilizam para suas chamadas pessoais.

Segundo o Uber, os usuários passam, então, a ter acesso aos meios corporativos como uma nova opção. Ao mesmo tempo, a empresa para a qual trabalham não toma conhecimento das utilizações pessoais de carros, uma vez que as soluções funcionam a partir de plataformas diferentes. Nada de pedir recibos para motoristas ou ficar esperando por reembolsos; tudo acontece de forma automática, pelo app, e diretamente na conta da empresa.

Enquanto isso, os administradores das companhias contam com a segurança de que apenas viagens que estão de acordo com as regras firmadas serão aprovadas automaticamente pelo aplicativo. Por meio de uma ferramenta de controle, é possível baixar relatórios de uso, percurso, valores e horários, garantindo que o funcionário não esteja fazendo mal uso da solução.

Como sempre, o Uber ressalta a utilização de carros de luxo para a realização de serviços de transporte e a ausência de taxa de retorno entre municípios, cobrada quando, por exemplo, um taxista precisa levar um passageiro a outra cidade, mas não pode pegar passageiros por lá. A norma amplia significativamente os gastos para os paulistanos, por exemplo, já que um valor de 50% é cobrado sobre o preço das corridas caso o destino seja o aeroporto de Guarulhos, por exemplo.

Além disso, a empresa ressalta que, ao contrário de outras soluções corporativas, o Uber for Business não trabalha com taxas extras ou mensalidades. O valor é cobrado diretamente na conta da companhia, com a plataforma de transportes recolhendo sua comissão e nada mais, com o restante do valor sendo repassado ao motorista.

Hoje, o Uber está disponível em mais de 300 cidades, de 57 países. No Brasil, funciona em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, e vem enfrentando grande resistência por parte de cooperativas de táxi. Recentemente, inclusive, a plataforma chegou a ser suspensa temporariamente no país.

Lá fora, além da plataforma de transportes voltada para empresas e usuários finais, o Uber também opera serviços de entrega de mercadorias e mantimentos. Tais alternativas, porém, ainda não estão disponíveis no Brasil nem têm data para dar as caras por aqui.

Fonte: Uber

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.