Teste seu carregador e veja se ele carrega a bateria do seu gadget corretamente

Por Douglas Ciriaco

É bem provável que você já tenha utilizado diferentes carregadores USB para recarregar a bateria do seu tablet ou smartphone. Também é muito provável que você tenha notado diferença de desempenho na hora de realizar esta tarefa, com alguns cabos demorando mais do que outros para completá-la.

Isso pode acontecer por vários motivos, como variação na amperagem da fonte de energia ou ainda limitações ou danos do cabo USB, que não inutilizam a peça, mas prejudicam o seu desempenho. Assim, o ideal é testar para descobrir se tudo vai bem com o cabo e com o carregador.

E para isso preparamos este tutorial. Nele, usaremos o aplicativo Ampere (Android) para descobrir a quantas andam os cabos que você usa para encher seus gadgets de energia. Vamos lá.

Passo 01

Vá até à Play Store e faça o download do Ampere em seu dispositivo Android.

Passo 02

Abra o app sem conectar o aparelho à tomada. Antes de prosseguir, algumas explicações sobre o Ampere: sempre que o texto aparecer em laranja, sua bateria está sendo descarregada; quando os caracteres estiverem azuis, o aparelho está ligado à energia. Além disso, valores negativos representam descarga e valores positivos representam recarga.

Agora, basta aguardar alguns segundos até que o aplicativo tire as medidas energéticas do seu gadget — ele exibe os valores em miliampère (mA). No exemplo abaixo, o consumo de energia do aparelho neste momento varia entre 260 mA e 280 mA. Guarde esta informação.

Ampere

Passo 03

Chegou a hora plugar um cabo USB ao telefone. Este cabo precisa ser conectado a uma fonte de energia e, como vamos testar o carregador de parede, é importante você usá-lo agora.

O Ampere oferece informações úteis inclusive para quem carrega o aparelho usando um cabo conectado ao computador ou à bateria externa. Porém, como a ideia deste tutorial é bem específica, opte pelo carregador de parede.

Passo 04

Com o cabo conectado, aguarde alguns instantes até que o aparelho conclua novamente a medição. Feito isso, ele vai indicar qual a variação de ampères que chegam à bateria do aparelho por meio da recarga. No exemplo abaixo, a carga varia entre 2.200 mA e 2.230 mA.

Ampere

Feito isso, basta fazer as contas entre quanta energia está entrando (2.200 mA~2.230 mA) e quanta está sendo consumida (260 mA~280 mA) para ter uma ideia de quanta energia de fato está sendo carregada em seu aparelho. No caso deste exemplo, o valor varia entre 1.920 mA e 1.970 mA.

Além disso, para saber se tudo vai realmente bem (foco deste tutorial), é preciso ficar de olho nas informações fornecidas pelo fabricante do carregador e compará-las com aquelas indicadas pelo Ampere. Procure no adaptador que vai à tomada e encontre a informação de saída de energia ou output (lembre-se de que 1 A = 1.000 mA).

Se ela for menor do que a informada pelo aplicativo, está tudo certo. Contudo, se o valor registrado no equipamento for muito superior ao indicado no dispositivo, aí você está com algum problema. Caso seu carregador seja apenas um adaptador, experimente utilizar outro cabo USB e repita este procedimento. Isso ajuda a descobrir onde está o problema.

Boas práticas com a bateria

Ter boas práticas com a sua bateria ajuda a prolongar a sua vida útil. Então, lembre-se de que o calor faz mal para este tipo de equipamento e evite deixá-lo carregando sobre superfícies que não ajudam a dissipar o calor gerado pelo processo de recarga, como cobertas, colchões, sofás e panos em geral.

Procure uma superfície firme e fria, como vidro ou madeira, para posicionar seu gadget enquanto ele é recarregado. O Ampere exibe a temperatura atual do seu smartphone ou tablet, uma boa forma de ter uma noção de quanto ele esquenta quando conectado a uma fonte de energia.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.