Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Testamos o "menor fone de ouvido do mundo" | Vale a pena comprar?

Por| Editado por Léo Müller | 16 de Setembro de 2023 às 14h00

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

O menor fone de ouvido do mundo é o Xmenha S880. Porém, a marca chinesa não é popular no Brasil, e o fato de o produto ser pequeno é o único diferencial conhecido pelo público. Por isso, testamos este acessório para compartilhar com você a nossa opinião, se ele vale a pena ou não.

Design compacto, quase invisível

Continua após a publicidade

Um dos propósitos do Xmenha S880 é ser compacto, e ele consegue isso com maestria. Sua estrutura é menor do que a de um Redmi AirDots, e ele se torna ainda menor por não ter borrachas de isolamento passivo.

Seu encaixe nos ouvidos é confortável, e isso garante uma usabilidade agradável por longos períodos. Para dormir, ele é o melhor fone que eu já utilizei. Mesmo deitando-me de lado, não senti qualquer incômodo nas orelhas, algo que aconteceria com dispositivos maiores.

Algo interessante desses fones é que, apesar de pequenos, seu estojo de carregamento é de tamanho normal. Fisicamente, ele se parece com a opção presente no Huawei FreeBuds 5i, mas com um diferencial ainda mais interessante.

Continua após a publicidade

Isso porque a fabricante Xmenha disponibilizou um display digital dentro do case para indicar qual é a carga do compartimento. Assim, quando os fones precisarem de recarga, será mais fácil realizar esse processo e saber exatamente quanto de bateria ele terá.

Na parte externa, os fones têm uma área sensível ao toque que serve para acionar diversos comandos. Os gestos farão o tipo de recurso acionado variar, mas ele se mostra muito versátil, inclusive acionando as assistentes virtuais Siri e Google Assistente.

  • 1 Toque: play ou pausa;
  • 2 Toques: próxima faixa;
  • 3 Toques: faixa anterior;
  • Deslize para cima: aumenta o volume;
  • Deslize para baixo: aumenta o volume;
  • Pressão: ativa a Siri, Alexa ou o Google Assistente.
Continua após a publicidade

Qualidade sonora completa

A qualidade sonora é o maior ponto negativo deste produto. Ele tem um driver muito simples para a sua faixa de preço, mesmo que seja um produto barato. No geral, o volume dele em 100% é compatível a outros modelos semelhantes, quando estão explorando apenas metade de sua capacidade.

É notório um nível incômodo de chiado ao ouvir músicas, e isso vira um agravante ainda mais negativo para o consumo de podcasts. E, quanto maior é o volume, mais incômoda fica essa falha na sonoridade dele.

Em relação aos graves, médios e agudos, não há nada que lembre a frequência mais baixa, e isso é justificado pelo fato de esse tipo de fone não ter lapidação nos tons baixos. Porém, em conjunto com isso, os médios estão muito simples e os agudos quase ausentes.

Continua após a publicidade

Logo, não há nada que se destaque, mesmo em músicas mais lineares, como “Saving All My Love for You”, da Whitney Houston. A voz marcante da finada rainha do pop simplesmente se torna nula neste produto.

Bateria com ótima autonomia

A bateria é, sem dúvida, um dos destaques do Xmenha S880. A fabricante promete até 28 horas de autonomia, somando as recargas presentes no case, e ele consegue superar essa expectativa.

Continua após a publicidade

Durante a minha experiência de uso, consegui um gasto médio inferior a 7% da carga, com o volume ajustado em 60%. Dessa forma, é possível obter até 15 horas de uso contínuo.

Vale a pena comprar o menor fone de ouvido do mundo?

Na minha opinião, o menor fone de ouvido do mundo não vale a pena. Ele tem diversas vantagens relacionadas ao seu design compacto, que me agrada por seu confortável para dormir ouvindo músicas e outros tipos de conteúdos.

Continua após a publicidade

Por outro lado, ter comodidade sem uma qualidade sonora minimamente agradável não faz sentido. Se a Xmenha conseguisse entregar em seu produto um som sem chiado, mesmo sem destacar qualquer frequência, provavelmente eu recomendaria a compra desse aparelho.

Outro ponto negativo é o seu preço, próximo de R$ 70. Por este valor, é possível encontrar alternativas que valem muito mais a pena pelo som que entregam. Por exemplo, faz mais sentido comprar o Lenovo LP40, que custa R$ 60 por ter um som aproveitável no dia a dia.