HTC está trabalhando em sensores que reconhecem movimentos do corpo

Por Redação | 31 de Janeiro de 2018 às 08h12

A HTC pretende dar um passo à frente em relação aos sensores utilizados por atletas. Normalmente, esses itens requerem um processo de configuração nem sempre amigável, mas uma patente solicitada pela empresa pretende simplificar esse trabalho.

O documento descreve como configurar automaticamente múltiplos sensores que são colocados no corpo de um atleta, sem necessidade de intervenção manual. Essa patente foi registrada em julho de 2017 e já foi publicada na WIPO (Organização Mundial de Propriedade Intelectual).

A configuração automática é possível devido ao uso de múltiplos sensores que ficam conectados entre si por meio de um dispositivo eletrônico, como um smartphone, smartwatch ou fone de ouvido inteligente. Os sensores podem ser conectados via W-Fi, Bluetooth, IR ou NFC.

Os dados obtidos pelos sensores permitem reconhecer padrões móveis, ou seja, eles reconhecem em que parte do corpo estão localizados. Além disso, eles podem ser incorporados a um rastreador fitness ou monitor de frequência cardíaca.

Correção de movimentos

Também é possível compartilhar esses dados com um usuário próximo com um fone de ouvido equipado com realidade virtual. Por exemplo, um treinador pode acompanhar de perto os movimentos do usuário com os sensores. 

O processador é capaz de comparar os dados armazenados com modelos de movimento predefinidos, como a posição correta para levantar pesos ou as passadas durante uma corrida. Quando certos movimentos não são reconhecidos, um novo modelo pode ser criado ou então o atleta entende que precisa corrigir alguma coisa na sua atividade.

Fonte: Lets Go Digital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.